Tamanho do texto

O animal só foi liberado após o pagamento da fiança com biscoitos caninos

As pessoas normalmente acabam presas porque cometem crimes e se tornam um perigo para a sociedade. Mas você já viu um cachorro ir parar atrás das grades? No último domingo (15), o Departamento de Polícia da cidade de Cape May, em Nova Jérsei, nos Estados Unidos, surpreendeu ao "fichar" um pequeno pug. 

Leia também: Gato invade entrevista enquanto seu dono falava ao vivo na TV

Ao contrário do que parece, o canino não cometeu um crime, mas sim fugiu de sua casa. Ele foi encontrado pelos policiais vagando por uma avenida e levado para a delegacia. No entanto, ninguém sabia quem era o dono do pug para contatá-lo. Então, tiveram uma ideia bem criativa para solucionar o mistério.

Os oficiais tiraram um mugshot dele, ou seja, aquela famosa foto com os números e informações do meliante quando está sendo preso. A imagem foi compartilhada na página oficial da corporação, rendendo mais de oito mil compartilhamentos. Além de se divertirem com o pet, a ideia tinha o objetivo de encontrar os verdadeiros donos. 

"É isso o que acontece quando você foge de casa. Este rapazinho foi capturado enquanto se esgueirava na área da avenida New Jersey", escreveu a polícia na rede social. Pouco tempo depois, outra foto foi publicada, dessa vez com o cachorro atrás das grades. A legenda dizia que só iriam liberá-lo mediante o pagamento de fiança. 

Leia também: Tatu invade casa nos EUA e curte a piscina enquanto os moradores viajam

Leia também: Fotógrafo recria fotos icônicas de Madonna usando seu cachorro como modelo 

E foi exatamente o que aconteceu. Através das fotos no Facebook a família apareceu e pagou a liberdade do pet com biscoitos caninos. Em outra imagem, o policial Michael B. LeSage posa com o pug em seu colo e segura uma sacola com cookies na outra mão. O bichinho, que na verdade era uma cadela chamada Bean, já está sã e salva ao lado de seus donos. 





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.