Tamanho do texto

Gaspar fugiu em direção ao deserto após sua bolsa de transporte abrir dentro do compartimento de carga do avião

Gaspar, um dachshund de dois anos, precisou viajar de avião recentemente até Iquique, uma cidade no norte do Chile, com Ligia Gallardo, a melhor amiga de sua dona. Janis Cavieres não pode acompanhar seu bichinho de estimação por causa de alguns compromissos, então pediu à amiga para ir primeiro e levar o cão.

Leia também: Gato invade entrevista enquanto seu dono falava ao vivo na TV

Gaspar viajou dentro bolsa de transporte e foi colocado no compartimento de carga do avião. Tudo ocorreu bem durante o trajeto, até a aeronave pousar. Quando Ligia foi buscar o dachshund nas esteiras do aeroporto, ficou desesperada ao perceber que a bolsa estava vazia. 

Dachshund sobrevive a seis dias perdido no deserto do Atacama
Reprodução Facebook
Dachshund sobrevive a seis dias perdido no deserto do Atacama

Ela entrou em contato rapidamente com as autoridades pra descobrir onde Gaspar estava. Depois de averiguar a situação, acredita-se que a bolsa de transporte caiu do local em que foi colocada enquanto o avião estava pousando e o forte impacto fez com que ela se abrisse. Como ficou muito assustado com a situação, o animal saiu correndo em direção ao deserto do Atacama. 

Leia também: Buldogue Inglês eleito o mais feio do mundo morre dias após ganhar competição

A dona criou uma página no Facebook para divulgar o sumiço do cachorro e conseguir ajuda dos internautas. Segundo a mídia local, ele havia sido visto várias vezes andando pelo deserto, mas ninguém conseguiu pegá-lo. Gaspar só foi capturado seis dias depois com a ajuda de uma unidade do exército e da companhia aérea. 

Na rede social, Ligia publicou uma foto do resgate e uma mensagem de agradecimento a todos que ajudaram. "Muito obrigado a todos e todas que nos acompanharam fisicamente e em espírito. Somos eternamente gratos pelo seu amor, pela esperança e pelos bons desejos", escreveu.

Paola Bravo, veterinária que cuidou do cão após o resgate, disse à imprensa local: “Ele estava sujo, estressado e desnutrido, já que estava desaparecido há seis dias e perdeu muito peso". Um tempo depois do acontecido, Ligia confirmou que o pet melhorou bastante e está ganhando peso gradativamente.

Leia também: Gata da raça Maine Coon chama atenção nas redes sociais por ter cara de gente

A companhia aérea se responsabilizou pelo acontecido e pelo desaparecimento do dachshund . Estão investigando para entender o que aconteceu e se foi um erro humano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.