Tamanho do texto

Neste dia a conscientização contra maus tratos e abandono dos bichinhos é muito importante

No dia 14 de março é celebrado o Dia Nacional dos Animais. Não é por um motivo bobo: mesmo com a criminalização, campanhas contra e punições jurídicas, o abandono e os maus tratos ainda são recorrentes na vida de muitos bichos.  O tráfico de animais também continua grande no Brasil, já que nosso país tem uma grande variedade de espécies.

10 motivos para adoção de cachorros

Mas para que o Dia Nacional dos Animais seja só de felicidade, existem algumas ONGs e projetos que ajudam bichos de rua, que também poder ter sido vítimas de maldades, a terem uma segunda chance. A adaptação para viver com humanos, ou, no caso dos animais silvestres, a volta para a natureza, é um passo muito importante para esses seres. Conheça alguns desses projetos: 

Campanha para evitar acidentes com aves ganham força no Dia Nacional dos Animais
shutterstock
Campanha para evitar acidentes com aves ganham força no Dia Nacional dos Animais


Bicho Brother e o método CED

Para quem é fã de gatos e não gosta de ver muitos deles morando nas ruas, a  ONG Bicho Brother tem uma solução: CED . O método identifica colônias de gatos ferais (aqueles que não convivem com humanos), capturam esses animais e castram. Depois eles são devolvidos para a colônia, o que evita o nascimento de novas gerações controlando, assim, o número de gatos existentes no local. O procedimento é realizado por veterinários qualificados. Além de castrados, os bichanos também recebem a vacina contra raiva e têm a ponta de uma orelha cortada, forma de identificar que já passaram pelo processo de controle populacional. 

Instituto Luisa Mell

Conhecida por expor maus tratos aos animais, Luisa Mell é ativista e constantemente resgata bichos de condições muito ruins. No final do ano passado, por exemplo, encontrou e fechou as portas de um canil clandestino que tinha 135 cães em situações precárias . Ela matém uma  ONG que carrega o seu nome e resgata, abriga e  trata mais de 300 animais que depois são levados para feiras de adoção organizadas por ela mesma.

Projeto Entre a Vida e o Vidro

Para as aves esse  projeto desenvolvido pela UFPR (Universidade Federal do Paraná) é muito importante. A quantidade de pássaros que vivem na cidade e batem em vidros ou espelhos durante o voo é enorme. Isso acontece porque os animais não conseguem diferenciar um espaço aberto de um material transparente ou que reflete. Por isso, adesivos para serem colados nessas superfícies são destribuídos em pontos parceiros, como a DrogaVET. A iniciativa faz com que as aves percebam que aquilo é uma barreira e não voem direto para o vidro. 

Adoção de gatos: todos os passos para ter um felino sem maiores problemas

A. A. - Ajuda Animal

Com o mesmo princípio do Instituto Luisa Mell, a Ajuda Animal resgata, castra, vacina e faz feira de adoção para os animais. Todos os sábados é possível encontrá-los na loja Laicão, localizada na rua Desembargador do Vale, 986, em São Paulo, com os bichos para adoção.

Se você já tem um pet em casa, no Dia Nacional dos Animais dê muito amor e carinho para ele (mais do que normalmente)! E quem sabe você não arruma um espacinho na sua casa para mais um bichinho? 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.