Tamanho do texto

A relação deles se tornou tão forte que o primata reage de forma agressiva com quem se aproxima da cadela

A maioria das pessoas fica encantada quando dois animais, principalmente de espécies diferentes, se tornam amigos. É muito fofo ver como eles conseguem se dar bem, interagem entre si e convivem mesmo sendo totalmente diferentes. E é por isso que a relação de uma cadela com um bebê macaco tem chamado tanta atenção. 

Mais:  Foto de bode que puxa charrete se ajoelhando para comer revolta internautas

Os dois vivem em Cartagena, Colômbia, e se conheceram após a cachorra perder tragicamente seus cinco filhotes. Com o intuito de melhorar o humor dessa mamãe, o macaquinho lhe foi apresentado. Ao mesmo tempo, o primata também precisava de alguém para cuidar dele, pois vivia sozinho. Ele e a cadela acabaram sendo o par perfeito. 

Cadela adota bebê macaco após perder tragicamente seus filhotes
Reprodução Redes Sociais
Cadela adota bebê macaco após perder tragicamente seus filhotes


Então, após se conhecerem, os dois se tornaram inseparáveis! Estão sempre brincando juntos, passando o tempo ao lado do outro e, na maioria das vezes, o macaquinho está na garupa da cachorra. A relação deles se tornou tão forte que moradores do distrito de Olaya Herrera precisaram chamar a polícia algumas vezes porque o primata reagiu de forma agressiva com quem se aproximava de sua amiga. 

Veja também:  Cão Galgo que acompanha crianças na leitura fica triste quando ninguém aparece

Ninguém sabe porque a cadela perdeu seus filhotes. Segundo entrevista ao site britânico Metro, um policial disse que alguns moradores sabiam sobre a gravidez, mas infelizmente os bebês morreram por razões desconhecidas. 


Entretanto, há uma parte triste na história dessa amizade. O macaco só conheceu sua amiga porque foi roubado da natureza. Esta espécie de primata (macaco capuchinho) é bastante visada pelo tráfico de animais, custando por volta de US$ 1600 no mercado negro - cerca de R$ 5200.   

Alguns funcionários do meio ambiente estão com a custódia dos animais e querem devolver o macaco para natureza. Porém, especialistas acreditam que esta não é a melhor solução. Segundo eles, os dois não devem ser separados, pois o primata não sabe viver na floresta e pode ser rejeitado pela sua espécie. 

Saiba mais:  Para conseguir cortar as unhas de seu bulldog francês, dono tem ideia criativa

Não se sabe ainda se a cadela e o macaquinho ficarão juntos, mas já é fato que separar esses dois será uma tarefa bem difícil. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.