Tamanho do texto

Eles merecem receber tanto amor quanto qualquer outro pet

Quando Breanna Sarver decidiu que ela queria adotar um filhote, ela começou a procurar pela internet por um típico, energético Golden Retriever, e não pensava em adotar cães com três patas. Quando ela encontrou Cassey, foi amor a primeira vista, e ela soube que Casey estava destinada a ser sua cadela - apesar do fato dela ter nascido somente com três pernas.

+Bombeiro arrisca a vida para salvar cão preso em penhasco

Não muito tempo depois de ver a sua foto, Sarver dirigiu por duas horas para pegar Casey e oficialmente introduzi-la a sua família. Desde o momento em que elas se conheceram, Sarver e Casey ficaram inseparáveis, e fizeram absolutamente tudo juntas. Casey nunca mostrou nenhum sinal de que ela sabia que era diferente, e estava feliz de viver sua vida com sua mãe e melhor amiga.

"A melhor palavra que qualquer um que a conheçe usaria é 'feliz'," disse Sarver. "Ela sempre foi feliz. Feliz de ir para o trabalho comigo todos os dias, feliz de encontrar todo mundo, feliz de chegar em casa no final do dia, feliz de ir ao Petco e escolher o seu brinquedo favorito. Ela era incrivelmente leal e emotiva. Ela foi minha mão direita por quase um ano, eu nunca ia a lugar nenhum sem ela."

Sabendo o quanto Casey era incrível e querendo ajudar outros como ela, Sarver e seu namorado decidiram dar as boas vindas para outro cachorro de três pernas em sua casa: uma mistura de pastor de nome Harper. Harper estava se ajustando bem com Casey, e a vida estava funcionando maravilhosamente - até que um mês mais tarde, uma tragédia aconteceu.

Infelizmente, Casey morreu um pouco depois de Harper ser adotado em um acidente. Seus pais ficaram com o coração completamente partido, e sua mãe não fazia ideia de como ela iria sobreviver a essa tragédia. Dois dias depois da morte de Casey, Sarver contatou a mulhar de quem ela havia adotado Casey para contar o ocorrido. Enquanto a mulher ficou muito triste de saber do que havia acontecido, ela também tinha notícias incríveis: o irmão de Casey, que também havia nascido com três pernas, estava precisando de um lar.

"Eu nunca imaginei que eu seria capaz de aceitar outro cachorro na família por algum tempo, por conta da morte traumática de Casey," disse Sarver. "Mas, o destino tem uma forma de fazer o inimaginável."

Somente quatro dias depois da morte de Casey, Sarver foi buscar o seu irmão, Chance, e ele se tornou um membro de sua família.

"Foi uma das melhores decisões que eu poderia ter feito," disse Sarver. "Ele ajudou a me dar conforto durante o meu luto de formas que eu nunca havia imaginado."

+Estudante encara furacão Harvey para salvar animais em abrigo

Enquanto Chance crescia, Sarver ficava maravilhada vendo o quanto ele se parecia com Casey em todos os sentidos. Suas personalidades, suas caras, seus sorrisos, suas peculiaridades eram todas idênticas. Por meio da adoção de Chance, realmente parecia que Casey nunca havia ido embora, e ainda vivia todos os dias através de Chance.

"Ás vezes eu esqueço que eles não são o mesmo cachorro," disse Sarver. "Seria impossível para qualquer outra pessoa entender quando eu digo que através de Chance, eu sinto a sua alma conosco."

Chance ajudou Sarver durante seu luto por perder Casey, e depois de algum tempo, eles apresentaram outro cachorro de três pernas a família: um cachorro de nome Oakley que também era cego. 

As pessoas frequentemente perguntam como o casal lida com tantos cães com três pernas , mas para eles, isso é completamente secundário. Para eles, isso é família.

"Nós não enfrentamos tantos desafios quanto muitas pessoas acreditam que nós enfretamos por cuidar de cães com três pernas," disse Sarver. "Eles ainda correm, pulam, nadam e brincam muito bem. A única diferença eu diria que é o fato deles se cansarem muito mais rápido do que os cachorros com quatro pernas. Eles precisam de mais energia tentando pular ao invés de andar e carregar mais peso em menos pernas. Nós gotamos de levá-los em aventuras, mas nós precisamos ter a certeza de que não estamos os sobrecarregando."

A dupla também precisa ter certeza que os cachorros não ganhem nenhum peso extra, pois isso poderia prejudicar as suas juntas. Eles tentam mantê-los saudáveis e ativos, e também os dão suplementos diários para as juntas para atrasar qualquer problema que eles possam ter no futuro.

+Homem transforma seu quintal em um incrível playground canino

Todos os três cachorros amam uns aos outros profundamente, e parecem entender que eles estão todos juntos nessa. Em qualque momento que um deles não está se sentido bem, os outros dois irão ficar de seu lado, e eles cuidam uns dos outros de uma forma que maravilha os seus pais todos os dias. "Quandos nós trouxemos Oakley para casa, Chance soube antes de nós que ele era cego," disse Sarver. "Chance é muito obcecado com os seus gravetos, e nunca queria dividir nenhum de seus gravetos com Harper. Mas quando Oakley chegou, ele iria ficar lá e dar o graveto para ele mastigar, para que ele não o perdesse."

Sarver e seu namorado não tinham planejado adotar cães com três pernas, mas graças a Casey, eles foram capazes de sentir quanto amor e carinho esses cachorros têm para dar, e aceitaram que esse é o chamado deles. Eles irão em breve dar as boas vindas a um quarto membro do grupo, um cachorro de nome Willow, e estão muito animados para que a pequena família deles continue a crescer em memória a Casey.

"A parte mais incrível sobre esses cachorros é que eles nunca irão sentir pena de si mesmos por serem diferentes; eles sempre serão felizes por estarem vivos," disse Sarver.  

Confira fotos dos cachorros de três pernas adotados por Casey e seu namorado:


































    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.