Tamanho do texto

O moradores locais estão apavorados com essa situação e lamentam a perda de seus felinos

Saint-Pierre-la-Mer, um tranquilo vilarejo litorâneo entre Perpignan e Montpellier, no sudeste da França se tornou um terrível lugar para gatos viverem. Esse local registou a morte de 200 felino em um único mês. Não se sabe ainda quem é resposável por essa atrocidade, mas a impressa francesa especula ser um serial killer de gatos ou uma hecatombe felina. 

Leia mais:  Vídeo de cachorro que interrompe telejornal ao vivo viraliza na internet

A associação local de proteção aos gatos vira-latas, Société Protectrice des Animaux, pediu para fazer uma autópsia nesses gatos falecido para tentar descobrir a causa da morte. As primeiras análises encontraram chumbinho, maconha e refrigerante no estômago dos bichanos. Não é à toa que começou a surgir a teoria de um suposto serial killer de gatos nas redondezas.

Esse suposto serial killer está aterrorizando um pacato vilarejo na França
Reprodução Pinterest
Esse suposto serial killer está aterrorizando um pacato vilarejo na França



Veja mais:  Conheça o gato 'nerd' que ganhou quatro títulos de melhor

A pesquisadora da sociedade Protetora do Animais, Michèle Grenier-Bolley, acredita-se que os animais estão sendo mortos durante à noite. O veneno é misturado em alguma comida que os atrai e depois são encontrados mortos. Aparentemente, essa não é a primeira vez que acontece algo parecido e a pequisadora reclama, pois dessa vez está acontecendo em um nível muito pior.  

Essa situação está criando um clima de tensão na vilarejo Saint-Pierre-la-Mer. Moradores locais lamentam pelas suas perdas, principalmente por todo tipo de gato está sendo alvo das mortes, seja ele vira-lata ou doméstico.

Ninguém está seguro nesse local. O medo se torna ainda maior por não saberem quem é o responsável pelos acontecimentos. Além disso, a população teme que, além dos felinos, o veneno seja ingerido também por crianças e a situação se torne ainda pior. 

Saiba mais:  Cobra apavora todos em café, mas um senhor nem para de comer!

Recentemente, a associação de animais local anunciou na sua página do Facebook que tem uma suspeita de quem poderiam ser os responsáveis pelo massacre. Não afirmou que realmente existe um serial killer de gatos pelas redondezas. Porém, a associação reconheceu que ainda existem poucas provas e pediu para que em caso do novas informações, entre em contato rapidamente com eles. Os gatinhos precisam mesmo de ajuda nesse vilarejo!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.