8 em cada 10 pais de pet preferem os cachorros.
banco de imagems/freepik
8 em cada 10 pais de pet preferem os cachorros.



De acordo com o IBGE e o Instituto Pet Brasil, existem mais de 139 milhões de animais de estimação nos lares brasileiros. O número é maior que o de crianças. O Sudeste é a região que conta com a maior população (47,4%), seguido pela região Nordeste (21,4%), Sul (17,6%), Centro Oeste (7,2%) e Norte (6,3%), segundo dados do IBGE e Instituto Pet Brasil (2018).

Em pesquisa realizada em 2019 pela DogHero com mais de 10 mil pais e mães de pets brasileiros , a maioria pertence às gerações X e Y e tem entre 30 e 45 anos de idade. "Percebemos uma mudança de comportamento e no conceito de família. Os pets passaram a fazer parte da família, vivem dentro de casa , sobem no sofá e muitas vezes dormem na cama", explica Fernando Gadotti, cofundador da DogHer.



Os pais e mães de pet brasileiros costumam não ter muito tempo livre e passar muitas horas fora de casa. Também por isso, os pais de pet brasileiros temem não suprir as necessidades e cuidados do animalzinho. Eles ainda apresentam a preocupação de que  o pet seja aceito no condomínio em que moram e, por isso, buscam lugares que sejam apropriados para eles.

A pesquisa da DogHero aponta uma busca por condomínios mais novos, com normas e locais adaptados para o convívio com os pets. Fatores como mais diálogo entre moradores e síndicos, espaços pet friendly para gasto de energia, benefícios e locais para banhos dos pets, em complemento do apartamento são considerados na hora de comprar um imóvel.

Outro dado revelado pela pesquisa da DogHero é que 75% dos tutores é sexo feminino , com pós-graduação e casadas ou morando com um (a) companheiro (a). Em uma outra pesquisa realizada pelo grupo Zap, dona dos dois maiores portais imobiliário do país, ZAP e Viva Real, aponta que o público feminino é a maioria entre aqueles que têm ou pretendem morar com um pet no novo imóvel. Os casais também se destacam no levantamento do Zap: cerca de seis em cada dez criam ou gostariam de criar um pet no imóvel.

Entre os bichos de estimação, os cães são preferidos por 8 em cada 10 entrevistados do levantamento, que contou com 800 entrevistados. Já os gatos aparecem na segunda posição com 27% do total. A preferência por gatos é mais comum entre pessoas solteiras, divorciadas e viúvas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários