Tamanho do texto

A ciência já aprendeu várias coisas diferentes sobre o olfato do seu cachorro, inclusive que você cheira muito mal para ele: e ele adora isso!

Não é uma grande novidade para ninguém que o olfato canino é completamente diferente do olfato humano, e que ele funciona como a melhor arma que os nossos cachorros possuem quando o assunto são os cinco sentidos, o que supre muito bem o fato da visão canina não enxergar tantas cores quanto os seres humanos conseguem . Mas a ciência aprendeu recentemente várias informações realmente surpreendentes sobre o olfato de nossos pets, que até hoje permaneciam como um mistério para todas as pessoas. Você sabe por quê seu cachorro cheira o bumbum de outros cachorros, por exemplo? E o que ele está aprendendo com esse tipo de experiência?       

+Mulher mata próprio cachorro acidentalmente após brincadeira repetitiva

#Littlemanguinness #dognose #closeup #beautymark

A post shared by Bailey & Guinness (@baileyguinnessco) on


Essa curiosidade e muitas outras podem ser conferidas agora em uma lista com sete descobertas incríveis que os cientistas fizeram sobre o olfato de nossos amigos peludos nos últimos anos:

1. O olfato de um cachorro é muito mais forte do que o dos seres humanos


É, você pode processar essa informação de duas maneiras diferentes em um primeiro momento, mas pense no cheiro do seu cachorro quando ele está molhado, e você vai entender o que isso realmente significa. Quando o assunto é sensitividade nasal, os cachorros ganham dos humanos de lavada. Existem tantas variáveis que é praticamente impossível quantificar o quanto ela é melhor, mas ainda assim a diferença é sem dúvidas avassaladora. 

 Para dar um exemplo, digamos que você possui um grama de um componente do suor humano conhecido pelo nome de ácido butírico. Surpreendentemente, os humanos são até que bons em cheirar isso. Se você deixar o ácido evaporar no espaço de um prédio de dez andares, muitos de nós ainda seríamos capazes de detectar um cheiro tímido quando entrássemos no prédio. Nada mal, para um nariz humano. Mas considere isso: se você espalhar o ácido butírico de um prédio com altura de 91 metros e deixá-lo evaporar, quando um cachorro entrar no prédio ele ainda será capaz de identificar o odor.

2. Para um cachorro, você fede


 Por mais limpo que você seja, e por mais sabão, perfume ou desodorante que você use, você ainda será muito fedido para o seu cachorro. Todo o ser humano possui um cheiro único, e isso é tudo o que um cachorro precisa para distinguir uma pessoa da outra. Para os nossos cães, nós somos o que nós cheiramos, pois as sua visão é bem mais limitada do que a visão humana, e não serve como um guia muito confiável nesse aspecto.

Os humanos realmente fedem. A axila humana é uma das fontes de odor mais profundas produzidas por qualquer animal; o nosso hálito é mais uma confusão de cheiros, por exemplo. O órgão que cobre o nosso corpo - a nossa pele - também está coberta de suor e glândulas sebáceas, que estão regularmente soltando fluídos e óleos que contém o nosso cheiro particular. Quando nós tocamos objetos, nós deixamos uma parte de nós nele; um pedaço de pele, por exemplo. Para os nossos cachorros isso é bastante reconfortante, pois eles lembram de nós todas as vezes que cheiram ambientes de nossas casas.

3. O olfato de um cachorro reconhece todo o tipo de coisas invisíveis

A post shared by Zoe 🐶 (@zoe.funny.dog) on


Com cada passo que você dá, você deixa cair vários flocos de pele - assim como o personagem dos Peanuts Chiqueirinho com a sua nuvem de sujeira. Na vida real as pessoas possuem isso, mas a "nuvem" é feita de células da pele, que, quando tomam a forma de um floco ficam conhecidas como caspa.

Fique sabendo que nós deixamos para trás 50 milhões de células da pele a cada minuto, e apesar de não conseguirmos enxergar isso, o nariz dos nossos cães fazem com que os nossos flocos de neve de células de pele sejam bastante visíveis .

+Papagaio imita voz da dona e faz compras online sem ela saber

4. Você não pode enganar o olfato do seu cachorro

A post shared by Bajsgutten (@bajsgutten) on


Pesquisas indicam que é muito provável que os cachorros possam cheirar o medo, a ansiedade e até a tristeza em seres humanos. O hormônio da adrenalina não pode ser detectado pelos nossos narizes, mas os cachorros aparentemente conseguem senti-lo. Além disso, medo ou ansiedade são normalmente acompanhados por uma batida de coração mais rápida e um fluxo de sangue também acelerado, o que manda químicos do seu corpo mais rápido para a superfície da sua pele. Tentar mascarar os seus fortes sentimentos com um sorriso casual pode enganar aos seus amigos, mas não irá enganar o seu cachorro.

 5. Os cachorros usam seu olfato para mandar mensagem através do xixi

A post shared by Bodhi (@bodhitheridgey) on


Os cachorros leêm o mundo através de seus narizes, e eles escrevem mensagens, pelo menos para os outros cachorros, em sua urina. É tentador fazer o seu cachorro continuar andando quando ele está cheirando tudo na rua super devagar, mas dê uma chance para que ele leia a coluna de fofocas da vizinhança, e também deixe que ele escreva um pouco no meio tempo.

 6. O que realmente está acontecendo quando o seu cachorro cheira o traseiro de um outro cachorro

A post shared by Meow.vs.Woof (@meow.vs.woof) on


Quando os cachorros começam a cheirar uns aos outros no traseiro, é provável que eles estão aprendendo muito mais uns dos outros do que você e o dono do outro cachorro com uma breve conversa. Exatamente o que os cachorros estão aprendendo, e o que eles fazem com essa informação, são questões para as quais ainda não existem respostas. Mas é muito provável que ao invés de "O clima está bom hoje, não?", eles estão mais para a linha de "você é um cachorro legal, e comeu frango recentemente, e você tem mais ou menos 10 anos de idade?"

+Homem tenta economizar na hora de tosar Shi-Tzu e se arrepende profundamente

 7. Os cientistas estão estudando o olfato canino como nunca antes


A habilidade canina de cheirar está sendo mais estudada do que nunca em universidades ao redor do mundo. Mas para ver algumas das coisas mais interessantes, você teria que ler muitos trabalhos acadêmicos que podem não ser exatamente prazerosos de ler.       

Agora que você sabe todas essas curiosidades incríveis sobre o olfato de seu melhor amigo peludo, com certeza irá olhar para ele com outros olhos todas as vezes que ele estiver cheirando tudo que ele encontrar em seu caminho, a melhor forma que ele tem de reconhecer e se acostumar com todo o mundo que está ao seu redor.    

A post shared by Xianjie Chen (@xianjie_chen) on


O mais importante é sempre respeitar o espaço de seu cachorro e deixar que ele descubra o mundo da forma que mais lhe convém, juntando seu olfato apurado com todos os seus outros sentidos extraordinários, que os tornam essas criaturas adoráveis que nós tanto amamos e estimamos demais como companheiros em nossas vidas.  





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.