Um cachorro pintado de laranja e preto, como se fosse um tigre , foi visto andando pelas ruas da Malásia e chamou a atenção da Internet. Uma página no Facebook também compartilhou algumas fotos absurdas de animais pintados das mais diferentes formas.

Por mais que as postagens recentes choquem alguns tutores, essa prática não é recente. Existem até concursos em que os pets mais bem pintados, criativamente falando, levam a melhor, despertando um certo hobbie por parte dos criadores. 

Fica o questionamento: será que isso é seguro para o pet ? De acordo com a veterinária Graziella Gallo, dermatologista da AmahVet, o tingimento pode ser feito, desde que utilizando produtos específicos para isso. "É sempre importante lembrar que as características da pele dos animais e humanos são diferentes. Portanto, o produto desenvolvido para nós pode ser nocivo para eles", afirma a especialista.

Cão com o pelo inteiro pintado de roxo
Reprodução/ Facebook
Tingir o pelo do pet? Só se for usando produtos adequados.

Em outras palavras: se um produto qualquer for utilizado há riscos do seu pet adquirir dermatites severas e até uma intoxicação da pele chamada farmacodermia, grave e muito frequente em animais de estimação. Além disso, é importante entender que realizar esse ato com um bichinho pode ser confuso e até assustador para alguns.

Como fazer isso de uma forma segura?

De acordo com Graziella, caso queira fazer algo semelhante com o seu animal de estimação, é obrigatório usar produtos específicos para isso. Eles podem ser encontrados em petshops e lojas especializadas. Além disso, o procedimento precisa passar pela aprovação de um médico veterinário e ser aplicado por um esteticista, para ser feito com todo cuidado e segurança que seu amigo de quatro patas merece.

"Estes procedimentos sempre devem ser feitos por pessoas treinadas para isso e até tosadores e banhistas experientes. É preciso ter prática para lidar, por isso vale procurar quem já tem essa experiência", diz a veterinária. O ideal é sempre fazer o teste antes de tingir o corpinho todo. Geralmente os profissionais fazem pequenos desenhos iniciais para depois fazer um tingimento por inteiro.

Saber como seu cão reagiria ao pintado também é um fator importante. Alguns bichinhos não gostam muito de tomar banho e também não param nem para colocar roupinhas e acessórios. Portanto, tentar pintá-los pode causar incômodo e irritação neles no momento do ato. Por mais que seja só uma brincadeira por parte do dono do animal, a saúde do pet deve sempre estar em primeiro lugar.


    Veja Também

      Mostrar mais