O verão é uma época conhecida pelo aumento da população de mosquitos , principalmente os que transmitem doenças como dengue, zika e chikungunya. Mas a preocupação não deve ser apenas com os humanos, já que esses insetos das famílias Aedes e Culex e do gênero Anopheles também podem transmitir uma doença para os cães : a difilariose

mosquito picando cachorro
Shutterstock
Algumas espécies de mosquito transmitem difilariose para os cães

Leia também: As doenças em cães mais comuns no verão e como evitá-las 

Popularmente conhecida como " verme do coração ", a doença é desencadeada pelo verme  Dirofilaria immitis , que é como uma lombriga e se aloja no coração e/ou na artéria pulmonar do animal. Dessa forma, a condição é considerada grave e o risco de morte é sempre alto. 

imagem do verme
Reprodução
O verme Dirofilaria Immitis se aloja no coração do animal no estágio mais avançado

Os pelos dos cães não desencorajam as picadas dos mosquitos, por isso Nathalia Saraiva dos Anjos, veterinária do Centro Veterinário Seres da Petz, explica a importância da proteção. "A prevenção mais efetiva de transmissão da dirofilariose deveria ser pelo controle dos mosquitos, mas isso é bastante complicado. O melhor então é usar coleiras à base de deltametrina (inseticida do grupo químico piretróide). Já existe também medicação que garante proteção por 12 meses."

A ausência de sintomas torna a difilariose ainda mais perigosa. Normalmente, os sinais de que algo está errado começam a aparecer quando doença já evoluiu e a quantidade de vermes está causando insuficiência cardíaca. Nesse estágio o cachorro apresenta tosse, perda de peso, letargia, coloração da língua mais escura e até distensão de abdômen por acúmulo de líquido.

Exames de sangue e de imagem são necessários para o disgnóstico correto. Quando tem a confirmação, o veterinário estabelece o tratamento mais adequado. Geralmente são utilizados medicamentos adulticidas (para matar as lavas adultas) e microfilaricidas (para evitar que novos parasitas cresçam). "Se for diagnosticada cedo, a dirofilariose pode ser tratada com sucesso", afirma Nathalia. 

Por ser uma zoonose, o "verme do coração" pode ser  transmitido para mamíferos em geral, mas os cães são os que mais sofrem com a doença.



    Veja Também

      Mostrar mais