A percepção de que há algo de errado com o cachorro depende muito da observação e conhecimento do dono. Como esses animais não falam, saber o que eles estão sentindo é muito difícil e por isso o tutor deve conhecer seu pet tão bem a ponto de indentificar sintomas que podem ser preocupantes, além de conseguir dizer se é necessário  levar o cão ao veterinário imediatamente ou não. 

A  veterinária Katia Cardoso, especialista em cirurgias da clínica AmahVet, listou alguns dos sintomas mais graves que indicam que o animal deve ser atendido por um profissional da saúde o mais rápido possível.  Há também os sinais que necessitam de atenção especial, mas que podem esperar algumas horas para serem tratados.

cachorro no veterinário arrow-options
Shuttersock
Para formular a dieta correta, o diagnóstico precisa ser realizado com qualidade


A ordem de importância destes sintomas para levar o pet ao veterinário são:

  • Convulsão – imediato;
  • Hemorragia – imediato;
  • Dispneia (falta de ar) – imediato;
  • Obstrução urinária -  imediato;
  • Vômito e Diarreia -  imediato;
  • Secreção Vaginal -  imediato;
  • Halitose -  pode aguardar, mas precisa de tratamento;
  • Coceira intensa -  pode aguardar, mas precisa de tratamento;
  • Alopecia (queda de pelo) -  pode aguardar, mas precisa de tratamento;
  • Claudicação (dificuldade para se movimentar) - pode aguardar, mas precisa de tratamento. 

Leia também: Os cuidados necessários com cães albinos; saiba se o seu é

Infelizmente alguns problemas são de difícil percepção para os donos, o que reforça a necessidade de levar o animal para consultas médicas periodicamente. Dentre eles, estão: 

  • Desnutrição;
  • Obesidade;
  • Anorexia;
  • Palidez de mucosas;
  • Febre;
  • Dor;
  • Poliúria (urinar demais);
  • Polidipsia ( beber muita água);
  • Secreção ocular;
  • Secreção vaginal (aumento do volume da vulva);
  • Abdômen distendido.

Caso o cachorro demonstre qualquer um dos sintomas citados pela veterinária, é preciso levá-lo ao  veterinário o mais rápido possível para evitar consequências graves.

    Veja Também

      Mostrar mais