Tamanho do texto

O medicamento é utilizado para tratar problemas cardiovasculares nos humanos e curiosamente também melhora o desempenho sexual, mas será que o remédio funciona de forma semelhante para os pets?

disfunção erétil em humanos é tratada com um medicamento de nome popular Viagra, cujo nome científico é Sildenafil. Ao contrário do que se imagina, o remédio foi criado para ajudar em casos de hipertensão arterial pulmonar, e não problemas de ereção. Porém, o Viagra para cães funciona em pets com disfunção erétil?

A veterinária Ana Carolina Ibelli explica sobre como o problema de ereção pode ser tratado em animais. “Como os cães não tem libido nós tratamos essa parte reprodutiva com hormônios no caso de algum problema, como a disfunção.” Além disso, Ana também conta que o Sildenafil é utilizado sim em pets, mas justamente para cuidar da parte cardiológica. “Na medicina veterinária o Viagra é utilizado apenas para tratar a hipertensão pulmonar”, completa.

Viagra para cães não funciona igual como em humanos arrow-options
shutterstock
Viagra para cães não funciona igual como em humanos


Ou seja, dar um medicamento para problemas de ereção ao seu cachorro não vai fazer com que ele fique mais “animado”, e pode trazer consequências ao funcionamento cardiovascular do animal. Caso ele tenha problemas reprodutivos, o ideal é procurar um médico veterinário e começar com uma terapia hormonal receitada pelo profissional.

Leia também: Conheça a história de Olívia, cadela com mobilidade reduzida famosa no Insta

Algumas das causas da impotência sexual nos peludos são: alimentação escassa ou excessiva, desequilíbrio hormonal, problemas de comportamento, problemas vasculares, dificuldades de adaptação ao ambiente, estimulação sexual deficiente, medo, anomalias ou deformações no aparato reprodutor. Delas, a alimentação é a que o tutor mais precisa ficar de olho, já que é um dos motivos mais comuns para o problema.