Tamanho do texto

A limpeza da parte interna da orelha do cachorro deve ser feita toda semana, mas com produtos específicos

É sempre importante ficar de olho na saúde dos pets. Uma das partes do corpo dos cães que não pode ser esquecida é a orelha, principalmente a parte interna. Os peludos podem desenvolver otite canina - principalmente raças de cães com orelhas maiores - e por isso essa parte deve ser higienizada de forma correta.

Leia também: Cadela foi morta para cumprir testamento de sua dona

limpando orelha de cachorro
shutterstock
Esqueça os cotonetes: eles podem piorar quadro de otite canina


E diferente do que muitos pensam a limpeza do ouvido do pet deve ser feita semanalmente e não apenas quando o cão tomar banho. Ricardo Cabral, veterinário da Virbac, alerta para outro erro comum: o uso de cotonetes, as hastes flexíveis. “Isso pode não só machucar as orelhas, como também empurrar a cera ainda mais para dentro do ouvido, agravando os riscos de inflamações auriculares”, explica.

Então, como limpar o ouvido do animal sem os cotonetes? Para isso, Ricardo indica produtos específicos. “Eles são chamados de ceruminolíticos, que retiram a cera. No mercado, o tutor encontra opções para uso rotineiro, indicado para a limpeza regular e neutralização de maus odores das orelhas dos cães ”, afirma.

Leia também: Veterinária indica a caminha de cachorro ideal para cada raça

Mas fique tranquilo, a cera não precisa ser retirada após a utilização dos produtos. “O excesso de conteúdo e sujeira naturalmente são expulsos, dispensando a necessidade do uso de cotonetes ou outros objetos”, conta Ricardo. Para realizar a limpeza, o veterinário dá as seguintes dicas:

  • Coloque o cachorro deitado no colo de ou em uma posição onde ele fique calmo e confortável;
  • Aplique a quantidade suficiente do produto dentro da orelha, seguindo a orientação do fabricante ou de seu veterinário;
  • Massageie a base da orelha para que o produto possa entrar com mais facilidade;
  • Limpe o pavilhão auricular com algodão umedecido com o próprio produto. 

Se o pet já estiver dando sinais de que o canal auditivo está inflamado, verifique os seguintes sintomas: “vermelhidão, excesso de cera, odor forte ou mudança no comportamento do pet, como balançar muito a cabeça ou coçar as orelhas repetidamente, deve saber que esses são sinais para levá-lo no veterinário”, finaliza Ricardo.

Leia também: Rato de estimação ajuda crianças a aprenderem a ler

É importante tomar cuidado durante o banho do cachorro , sempre protegendo as orelhas com pedaços de algodão na parte interna, evitando que água e umidade entrem e facilitem a proliferação de fungos e bactérias.