Tamanho do texto

Para saber se o bichano está sentindo dor basta observar alguns dos comportamentos dele

Algumas vezes os animais de estimação começam a agir de forma estranha e ficamos sem saber o que fazer. Mas como identificar, principalmente em felinos, se eles estão sofrendo? Alguns comportamentos específicos podem ser sinônimos de dor em gatos. 

Leia também: Donos de cachorro de estimação são mais felizes do que os de gato, diz estudo

O primeiro passo é observar a rotina do bichano. Se ele estiver diferente, seja na hora de se higienizar, dormir, ou até usar a caixinha de areia, pode ser que o animal esteja doente. E claro, alguns problemas de saúde podem ocasionar quadros de dor em gatos .

gato com dor deitado
shutterstock
Conheça os sintomas de dor em gatos


Sinais de dor em gatos:

  • Fazer as necessidades fora da caixa de areia: pode ser que o dono encare isso como malcriação do animal, mas às vezes o felino não conseguiu chegar até a caixinha porque estava com dor, e teve que se aliviar no meio do caminho;
  • Dormir mais do que o normal: gatos são conhecidos por dormirem cerca de 18 horas por dia. Isso é comum, mas se o tempo se estender mais do que isso, pode ser que algo esteja errado. Letargia e cansaço são sinais de que ele pode estar sofrendo;

Leia também: Saiba para que serve, como e quando usar malte para gatos

  • Não se movimentar: ficar muito tempo parado e na mesma posição pode querer dizer de que algo está errado. Se o felino estiver encolhido por muito tempo, ele deve estar com dor principalmente na parte abdominal;
  • Falta de higiene: gatos são autolimpantes, ou seja, eles praticam a própria limpeza. Porém, se seu animal de estimação não estiver tomando banho se lambendo, é hora de ficar preocupado. Nesses casos, o pelo fica áspero, sem brilho e arrepiado;
  • Evitar de marcar território: diferente dos cães, gatos marcam território afiando as unhas ou esfregando a cabeça, seja em seus humanos ou em objetos e móveis. Se o animal não estiver tendo essa atitude, pode ser que esteja sentindo algum tipo de dor;
  • Excesso de saliva: o bichano está babando excessivamente? Dentre um dos grandes problemas que causam isso, a impossibilidade de engolir está entre os maiores. Além de causar dor, também faz com que o animal fique desnutrido;
  • Agressividade: um felino carinhoso que apresentou comportamento agressivo do nada, evita contato físico e se isola são sinais de que ele está sentindo muito desconforto;
  • Muito miado: alguns gatos gostam de chamar a atenção de seus donos miando. Mas miados em excesso, com tom de desespero são um sinal para se preocupar.

Leia também: Cadela levada por enxurrada no Rio de Janeiro é encontrada

Em todos esses casos, se o seu bichano apresentar um ou mais desses sintomas, procure o médico veterinário. Muitas doenças vêm acompanhadas de sinais de dor em gatos .