Tamanho do texto

É importante saber como evitar a insolação e cuidar do roedor nas épocas quentes do ano

A chegada da primavera e do verão é sinônimo de felicidade para muitas pessoas e animais, porém, a falta de cuidados pode ocasionar diversos problemas de saúde, como é o caso da insolação em hamster. Esse mal-estar é decorrente da exposição prolongada ao sol intenso ou ao calor e afeta não só os roedores, mas todos os seres vivos. 

Leia também: Conheça as doenças mais comuns em hamster

Os sintomas de insolação em hamster são variados, como desidratação, queimaduras na pele, dores de cabeça, tontura, febre e, em casos mais graves, perda de consciência. Esse problema é especialmente perigoso para a saúde dos roedores, uma vez que seu corpo é bastante sensível às altas temperaturas. É importante aprender a evitar tal situação e cuidar do bichinho na primavera e verão.

Como eu sei que o hamster está sofrendo uma insolação?

Os sintomas de insolação em hamster são variados, como desidratação, queimaduras na pele, dores de cabeça, tontura, febre e, em casos mais graves, perda de consciência
reprodução shutterstock
Os sintomas de insolação em hamster são variados, como desidratação, queimaduras na pele, dores de cabeça, tontura, febre e, em casos mais graves, perda de consciência

Quando o roedor fica muito tempo exposto a altas temperaturas ou fica preso em um ambiente muito quente, seu metabolismo começa a diminuir. Consequentemente, a quantidade de atividade física reduz, assim como o nível de energia global. Os donos logo irão perceber essas mudanças, pois o hamster ficará boa parte do dia amuado na gaiola.

Em pouco tempo o animal começará a sofrer os efeitos da exposição ao calor , como mudanças de humor, perda de apetite, redução do peso, desidratação, febre e até mesmo tontura. Se a falta de atividade e vontade de comer se prolongar e se intensificar, leve o pet imediatamente ao veterinário. 

Leia também: O hamster está entre os animais de estimação mais indicados para crianças

Além dos sintomas apresentados, um dos mais preocupantes é o decaimento. Ou seja, quando o roedor fica deitado de barriga para baixo como se estivesse morrendo. Esse sinal é uma consequência imediata de uma insolação, por isso é tão perigoso. Vá ao veterinário imediatamente se o decaimento acontecer. 

É de extrema importância que a insolação não chegue num nível tão grave. Fique de olho nas mudanças de comportamento e, diante de qualquer sinal desse problema, entre em contato com o médico veterinário. 

A influência do ambiente na prevenção da insolação

Além dos sintomas apresentados, um dos mais preocupantes é o decaimento. Ou seja, quando o roedor fica deitado de barriga para baixo como se estivesse morrendo
reprodução shutterstock
Além dos sintomas apresentados, um dos mais preocupantes é o decaimento. Ou seja, quando o roedor fica deitado de barriga para baixo como se estivesse morrendo

Assim como acontece em todos os problemas de saúde, a melhor forma de evitar a insolação é através da prevenção. Para isso, aclimatar o ambiente é a primeira coisa que você deve fazer para combater as altas temperaturas, já que é o local em que o hamster vive e tem influência direta nos casos de insolação. 

Portanto, deixe as janelas bem abertas durante o dia para arejar a casa, espalhe ventiladores pelos cômodos ou ligue o ar condicionado numa temperatura amena (caso tenha um). Um ambiente refrescado é melhor para se viver e evitará o mal estar de todos os membros da casa.

Contudo, apenas aclimatar a casa não resolverá todos os seus problemas durante os dias quentes. Algumas dicas simples, bem como hábitos de vida saudável, poderão livrar o bichinho de diversas complicações. 

Lembre-se que, como proprietário e responsável por um animal, é sua obrigação fazer todo o possível para cuidar da saúde do roedor e oferecer o melhor estilo de vida.

Leia também: Saiba quais são os alimentos proibidos para um hamster

Outras formas de prevenção

Mantenha o bebedouro do pet sempre com água limpa e fresca, e higienize-o todos os dias se for necessário
reprodução shutterstock
Mantenha o bebedouro do pet sempre com água limpa e fresca, e higienize-o todos os dias se for necessário

Além de deixar a casa bem fresquinha para o hamster, existem outras formas de prevenção que são tão importantes quanto. Para que tenha efeito, é imprescindível colocá-los todos em prática. Tenha isso em mente antes de escolher apenas um dos métodos e evite possíveis sustos. 

Primeiramente, o lugar em que a gaiola fica influencia diretamente em como o roedor regula sua temperatura corporal. Tente mudar o local de acordo com as estações do ano. Por exemplo, no verão é necessário evitar a luz do sol direta e assegurar que o hamster esteja num ambiente fresco e seco. Diferente do inverno, que o ideal é um lugar abrigado e quente. 

A escolha da gaiola ideal também é importante para evitar insolação, já que é lá que o hamster passa a maior parte do tempo. Opte por modelos bem ventilados, como um que tenha redes de arame e não seja de plástico e nem vidro. 

Se sua casa não conta com um sistema bom de condicionamento e você acredita que o bichinho pode sofrer uma insolação — independente da onde colocar a gaiola —, lembre-se que a água será sua grande aliada nos dias quentes.

Mantenha o bebedouro do pet sempre com água limpa e fresca, e higienize-o todos os dias se for necessário. Caso perceba que o ambiente está muito quente e abafado, utilize um pulverizador para umedecer a gaiola e seu roedor. 

Outra dica interessante é incorporar alimentos ricos em água na dieta em vez de só oferecer comidas secas e sementes. É uma forma do pet matar a fome e ainda se manter hidratado. Portanto, ofereça frutas como melancia e melão, e legumes como pepino que são cheios de líquidos. Lembre-se de consultar antes o veterinário sobre essa mudança na alimentação. 

Colocando todas essas dicas em prática dificilmente seu hamster terá insolação. Entretanto, não se esqueça de que certos animais são mais propensos a tal problema e, mesmo com todos os cuidados, será difícil proteger se o pet for mais sensível que o normal. 

Leia também: Seu hamster fugiu da gaiola? Saiba o que fazer para encontrá-lo

Caso note letargia, falta de apetite e perda de peso, consulte o veterinário rapidamente. A insolação em hamster deve ser combatida a todo custo para evitar o falecimento do animal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.