Tamanho do texto

Descubra na matéria a seguir como o organismo de nossos pets lida com a lactose

Não é um segredo para ninguém que os cachorros adoram fazer um lanchinho com o que os seres humanos estão acostumados a comer. Para muitos donos de animais de estimação, manter seus cães longe da geladeira e da mesa de jantar pode significar uma batalha constante. Mas será que os cachorros bebem leite ?

Os cachorros bebem leite?
Reprodução
Os cachorros bebem leite?


+8 sinais que denunciam um cachorro estressado

 Entre as comidas favoritas de todos os cães estão as lambidas roubadas de sorvetes ou um pedaço de queijo, e quando o assunto se volta para o leite e para os produtos lácteos, os donos devem tomar bastante cuidado, pois os cachorros, assim como muitos seres humanos, podem ser intolerantes a lactose.

  A intolerância a lactose de cada cachorro é única, da mesma forma que acontece com os seres humanos, e enquanto alguns cães podem tomar uma tigela cheia de leite sem nenhum ptoblema, outros cães podem passar muito mal com um minúsculo pedaço de queijo que eles ingerirem, causando problemas em seu sistema gástrico.

 A parte boa é que o leite não é uma peça importante em uma dieta canina balanceada.


Os produtos que contém laticínios não são tóxicos para os cães, mas por outro lado, eles também não são alimentos necessários na dieta do seu animal de estimação, podendo causar muito desconforto em seu cachorro se ele for intolerante a lactose. A ração canina já contém todo o cálcio que o seu cão precisa ingerir para se manter saudável, e não é necessário complementar a sua alimentação com o leite ou com outros alimentos derivados dele.

+Será que é bom dormir com o cachorro na sua cama?

 Enquanto o primeiro alimento de um filhote recém nascido é o leite de sua mãe, uma vez que ele desmamar, ele não precisará mais de leite para sobreviver e ficar saudável. Assim como os seres humanos, os cachorros perdem a sua habilidade de digerir lactose quando crescem devido a produção cada vez menor de uma enzima digestiva chamada lactase. Durante seu crescimento, diferentes cachorros (e também pessoas) são capazes de tolerar os laticínios sem nenhum problema, enquanto outros não conseguem. Os filhotes nascem com níveis elevados de lactase, a enzima necessária para quebrar os áçucares no leite, mas aquele sem acesso ao leite materno nunca devem receber o leite de vaca como um substituto, pois o leite das vacas possui mais lactose do que o leite produzido por sua mãe canina.

Se o seu cachorro sofrer de algum grau de intolerância a lactose, os sinais serão bastante fáceis de serem identificados. Cães com dificuldade em digerir laticínios podem ter problemas gástricos como dor abdominal, gases, inchaço, náusea, vômito e diarréia. Infelizmente, não existem medicações para a intolerância a lactose que os cachorros possam tomar para ajudá-los quando estiverem passando por uma situação em que estejam sentindo esses sintomas um tanto quanto desagradáveis. De qualquer forma, a melhor maneira de assegurar que o seu cão está bem é o levando para uma visita no veterinário, que saberá medicá-lo e indicar os tratamentos para qualquer tipo de problema que ele tiver.

Além dos resultados potencialmente bagunçados que você pode receber se resolver dar produtos lácteos para o seu cachorro de estimação, existe uma outra coisa importante que deve ser levada em consideração antes de dividir comidas humanas com um animal de estimação.

+Como passear com cachorro sem puxar a coleira?

Enquanto os laticínios por si só podem não ser tóxicos, certos sabores de sorvete contém chocolate, passas ou noz de macadâmia que podem ser bastante perigosas para a saúde de seu cachorro. Além disso, os donos de animais de estimação deveriam tomar cuidado quando o assunto são comidas geladas, como alguns frozen yogurts contém adoçantes artificiais como xylitol, que também pode ser tóxico para os cachorros.

 Se o seu cachorro for um sortudo que não tem problema nenhum com a ingestão de leite e de alimentos lácteos no geral, o recomendável é que ele coma o mínimo desse tipo de comida o possível, e que você não fuja do básico. Se o seu cachorro não sofre de intolerância a lactose e você realmente quiser dar esses alimentos a ele, fique com o sorvete de baunilha ou com quantidades muito pequenas de queijo. 


+Quando e como cortar unha de cachorro?

E se você ainda for uma daquelas pessoas que gosta de enxergar o copo sempre meio cheio, o melhor de tudo isso é que você não precisa se sentir culpado se quiser deixar o sorvete todo para você mesmo comer! 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.