Tamanho do texto

O pet pode até ficar desidratado por conta da dor de barriga

Assim como humanos, cães podem ter dor de barriga e esse é um incômodo que nem sempre eles demonstram. Por isso, o tutor deve sempre estar atento aos sinais que o pet dá e perceber se há algo de errado com ele. Às vezes um cachorro com dor de barriga pode estar com alguma doença mais grave ou com uma inflamação que precisa ser tratada.

Leia mais: Conheça as principais doenças de cachorros, a prevenção e o tratamento delas

Cachorro com dor de barriga: o que causa esse incômodo?
Reprodução/ Redes Sociais
Cachorro com dor de barriga: o que causa esse incômodo?

Normalmente, um cachorro com dor de barriga comeu de maneira errada ou ingeriu algum objeto que não deveria. Para identificar melhor o motivo desse desconforto, o médico veterinário tem de saber todo o histórico de alimentação do animal, para criar um diagnóstico sobre o quadro do pet.

O que causa a dor de barriga?

O incômodo na barriga pode ser provocado por uma série de motivos e dificilmente é possível identificar um em específico - a não ser que o tutor tenha visto o pet engolir alimentos ou objetos que não façam parte de sua rotina. Isso, inclusive, também precisa ser relatado ao médico, é fundamental.

Cachorro com dor de barriga: o que causa esse incômodo?
Reprodução/ Redes Sociais
Cachorro com dor de barriga: o que causa esse incômodo?


Cuidados necessários

Alguns cuidados podem evitar esse tipo de dor no cão, como tomar cuidado com as comidas que ele ingere. Ele não pode ter refeições compostas por alimentos de humanos. Muitas pessoas têm mania de compartilhar o próprio almoço ou apenas "aperitivos" com o pet, mas isso pode prejudicar muito a saúde dele - e inclusive matá-lo. Principalmente as comidas com muito tempero, sal, leite, que sejam gordurosas e também doces - tudo isso deve ser evitado.

Veja também: Saiba tudo sobre intoxicação em cães

Certos produtos e objetos da casa também devem ser mantidos bem longe do cachorro. Os filhotes, em especial, têm mania de brincar com qualquer coisa, como meias, potes e garrafas e, em caso de ingestão, o organismo deles pode não reagir de forma muito boa. Materiais usados para limpeza costumam ser bem tóxicos, então é importante guardá-los em uma dispensa ou em uma altura que o cão não alcance.

Os primeiros sinais de que o cachorro tem dor de barriga são diarreia, vômito, falta de apetite e apatia
Reprodução/ Redes Sociais
Os primeiros sinais de que o cachorro tem dor de barriga são diarreia, vômito, falta de apetite e apatia

O ideal, na verdade, é que qualquer produto não recomendado para crianças menores de 3 anos seja também distanciado dos cachorros, já que representa praticamente o mesmo perigo.

Sintomas

Os primeiros sinais de que o cachorro tem dor de barriga são diarreia, vômito, falta de apetite e apatia. O primeiro sintoma, em especial, pode ser ainda mais sério, porque dependendo da intensidade pode deixar o pet desidratado. Se isso acontecer é importante que o animal tome bastante água - que deve ser trocada com frequência - ou que o tutor encontre outros meios de deixá-lo hidratado. Se o cão simplesmente estiver desanimado e não quiser brincar ou fazer as atividades cotidianas de forma normal, merece mais atenção do tutor. 

Uma alternativa que os cães encontram quando estão nessa situação é comer grama, que costuma aliviar a dor de barriga. Isso inclusive pode ser um outro indicativo de que o pet está com dores abdominais. O mato engolido normalmente leva o cão a vomitar e dessa forma ele consegue eliminar o motivo de seu desconforto. 

Uma alternativa que os cães encontram quando estão nessa situação é comer grama
Reprodução/ Redes Sociais
Uma alternativa que os cães encontram quando estão nessa situação é comer grama

O problema é que se o pet morar em apartamento ou no centro de grandes cidades pode ter dificuldade em encontrar a grama. Mas por outro lado, mesmo que encontre, é possível que o mato não ajude em nada, tudo depende do organismo de cada animal. 

Tratamento

Leia mais:  Saiba o que é a coprofagia e como ela pode ser evitada

No geral, o cachorro com dor de barriga precisa ficar algumas horas sem comer mais nada além do que já ingeriu no dia. Pode ser que alguns dos elementos de sua alimentação tenham causado o desconforto e o corpo precisa se recuperar e digerir tudo. O ideal é o pet ficar quatro horas sem engolir mais nada. Depois desse tempo, o tutor já pode oferecer ao pet ração (que seja adequada à raça e à idade do animal). Mas o ideal sempre é levar o cachorrinho no veterinário, para que indique quais as melhores medidas a serem tomadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.