Chuva constante é uma característica das épocas mais quentes do ano. Às vezes, por vários motivos - como ser surpreendido com a virada do tempo  durante o passeio ou o pet estar no quintal no momento - os animais acabam tomando banho de chuva por acidente. Nessa hora muitos donos se perguntam se isso pode fazer mal para a saúde do bichinho. 

Em geral, a chuva não é extremamente prejudicial para os animais de estimação, porém o dono precisa tomar alguns cuidados para que o pet não sofra com doenças oportunistas e dermatites, problemas que costumam atacar nessas situações. A veterinária Caroline Mouco Moretti, do Hospital Veterinário Vet Popular , dá alguns conselhos para que não haja problemas. 

chuva arrow-options
Reprodução/ Pinterest
A chuva pode causar problemas de pele em pet saudáveis


O primeiro ponto que precisa ser levado em conta é a imunidade do cão . “Se o animal tiver imunossuprimido (com a imunidade baixa) por estar passando por alguma doença,  ele tende a ficar mais suscetível a gripes, pneumonias, e doenças virais - bem parecido com o que acontece com os seres humanos”, explica Caroline. Se não for o caso, é preciso ficar de olho nas dermatites.

As doenças de pele podem aparecer quando o pelo fica molhado ou úmido por muito tempo. "Muitas vezes o tutor pode achar que o animal está seco, entretanto ele pode estar bastante úmido no subpelo”, alerta Caroline. Por isso é sempre importante secar bem o pet com toalha e secador – isso serve para banhos normais também.

Outra preocupação deve ser com os cães que utilizam anti-pulgas colocados em seu dorso, que não podem tomar banhos frequentes, incluindo chuvas. O motivo é que quando o animal é submetido a banhos "desnecessários", ele acaba diminuindo o efeito do remédio, e ficando exposto aos parasitas.

Além disso, mesmo a chuva sendo um tipo de água “natural”, pode trazer problemas. “Ela pode ter acidez e comprometer a qualidade do pelo do animal .” Se o banho de chuva for na rua é pior, já que lixo e outras substâncias prejudiciais podem entrar em contato com o pet. Urina de rato e de outros animais doentes pode causar doenças. 

Em lugares com mato, terra, e especialmente lama, a atenção deve ser redobrada.  Vermes podem estar no solo apenas esperando um hospedeiro. Por isso, caso o animal passe por essa situação, é sempre ideal levá-lo ao veterinário para vermifugação.

Começou a chover e o pet ficou encharcado, o que fazer? Banho, imediatamente. “Utilize sempre shampoos e condicionadores específicos pra pet, e a parte mais importante: secar o animal com secador”, finaliza Caroline. Por último, se o amigo peludo só faz suas necessidades fora de casa e está chovendo, opte por capas de chuva para pets disponíveis no mercado, elas podem ajudar a protegê-lo.

    Veja Também

      Mostrar mais