Tamanho do texto

Alimentação oferecida, cuidados com a limpeza da gaiola e interação são os principais erros cometidos

Muitos optam por se tornarem donos de hamster porque acreditam que o roedor dá menos trabalho. De fato esse animal não precisa passear na rua ou tomar banhos frequentemente, mas isso não significa que cuidados específicos não sejam necessários. 

Adolfo Carlos Barreto Santos, coordenador do curso de Medicina Veterinária da Anhanguera de Niterói, explica que a expectativa de vida do hamster é baixa - entre dois e três anos - e garantir os cuidados é importante para que o pet viva mais e melhor. Assim, os donos precisam ficar atentos à alimentação e à gaiola, principais erros cometidos. 

Leia também: Você sabia que hamster hiberna? Descubra como identificar esse comportamento

hamster na mão do dono arrow-options
shutterstock
Os donos de hamster precisam se preocupar com alguns cuidados específicos

Frutas, legumes e verduras não devem ser oferecidos para o hamster, apesar de ser comum oferecer esse tipo de alimento aos roedores. Adolfo explica que a ração industrializada já contempla todas as necessidades nutricionais desse pet e não oferecer mais nada evita problemas como obesidade e diarreia. 

Quando o assunto é a gaiola , não lavá-la por completo e com frequência é um erro cometido por muitos donos. "Os cuidados com a gaiola são muito importantes, pois o acúmulo de fezes e urina pode causar doenças. A indicação é que a gaiola seja limpa a cada 5 dias, lavando, inclusive, os brinquedos", explica Adolfo. 

hamster arrow-options
Shuttersock
A gaiola do hamster deve ser limpa por completo a cada cinco dias

A interação é outro ponto importante muitas vezes negligenciado. O fato de o hamster ter hábitos noturnos faz com que alguns acreditem que eles são muito calmos e não precisam de atenção. Mas Adolfo conta que a realidade é outra: "Eles são ativos e é preciso criar ambientes de interação. Além da tradicional rodinha, a gaiola grande auxilia no desenvolvimento motor do animal". 

Leia também: Insolação em hamster é um problema recorrente nos períodos quentes

Soltar o hamster pela casa para que ele interaja também pode ser uma opção para estimulá-lo. Nesse momento é preciso ter supervisão, já que eles são pequenos e ágeis e podem se esconder com facilidade em qualquer lugar. Adolfo indica as bolas para roedores que o hamster pode ficar solto pela casa sem maiores problemas. 

Mesmo que o hamster seja conhecido por ter uma saúde resistente, a prática de cuidados básicos de manejo como alimentação, limpeza e espaço agradável podem melhorar a qualidade de vida deles.