Tamanho do texto

No geral, os cuidados durante o pós-operatório são simples, mas muito importantes para um pet recém-castrado

A maioria dos donos já está ciente da importância da cirurgia de castração. Além de evitar uma gravidez indesejada e super população de animais, você previne diversas doenças relacionadas ao sistema reprodutor. Esse procedimento é fortemente recomendado pelos veterinários, sobretudo por causa de seus benefícios.

Leia também: Os mitos e verdades sobre a castração

Contudo, é comum muitos donos terem dúvidas sobre o pós-operatório da cirurgia de castração . Quando tempo leva para o animal se recuperar? O que devo fazer para ajudá-lo? O pet sentirá dor? Essas são algumas perguntas que rondam a cabeça dos tutores. Felizmente essa fase é bem tranquila de lidar. 

Os cuidados durante o pós-operatório

No dia da operação, não se esqueça de levar os exames. É com ele que o cirurgião terá um panorama completo do estado de saúde do animal
reprodução shutterstock
No dia da operação, não se esqueça de levar os exames. É com ele que o cirurgião terá um panorama completo do estado de saúde do animal

Logo após a realização da cirurgia, o pet já pode retornar para casa. O esperado é que o veterinário te instrua e sane todas as suas dúvidas em relação ao pós-operatório . Num geral, os cuidados são simples, mas muito importantes para um pet recém-castrado

Tente mantê-lo calmo nessa fase, pois movimentos bruscos e repentinos podem abrir a ferida. Impeça que ele lamba ou morda a incisão para evitar infecção e rompimento dos pontos. O recomendando é utilizar um colar elizabetano, pelo menos durante o tempo que estiver longe. A maioria dos animais não gosta da peça, mas o uso é para o bem dele. 

Não se esqueça de dar a medicação prescrita pelo veterinário, muito importante para atenuar dores e risco de infecção. Se a ferida se romper, infeccionar ou estiver causando muito dor ao animal, leve-o imediatamente ao veterinário.

Além disso, é provável que a cirurgia afete as necessidades nutricionais do bichinho. Portanto, é normal que o médico recomende uma mudança na dieta, sobretudo para evitar excesso de peso. Não deixe de trocar a ração se for necessário e siga a risca as recomendações do profissional. 

Leia também: Cirurgia em animais: como preparar o pet para o procedimento?

Na maioria dos casos os pontos são retirados em cerca de uma semana. Porém, isso não significa que os cuidados se restrinjam a apenas esse período. Eles devem continuar até o animal se recuperar completamente.

Limpando a ferida corretamente

Comprar um colar Elizabetano pode ajudar se o animal lamber ou morder a ferida
reprodução shutterstock
Comprar um colar Elizabetano pode ajudar se o animal lamber ou morder a ferida

Para que o animal se recupere totalmente, é muito importante manter a ferida sempre limpa. Utilize um desinfetante recomendado pelo veterinário, como clorexidina, para higienizá-la. Esse produto é vendido em spray, facilitando o processo de aplicação, ou você pode molhar uma gaze ou algodão e passar pela incisão (sem esfregar).

Realize esse procedimento pelo menos uma vez ao dia. Em pouco tempo verá que a pele se reconstituiu e não será mais necessário desinfetar. E, para evitar qualquer complicação, impeça ao máximo que o animal lamba a ferida. 

Desconfortos decorrentes da cirurgia de castração

Todas essas situações do pós-operatório são passageiras e acontecem com a maioria dos bichinhos que passaram pela cirurgia de castração
reprodução shutterstock
Todas essas situações do pós-operatório são passageiras e acontecem com a maioria dos bichinhos que passaram pela cirurgia de castração

Tirando os problemas causados pela falta de cuidados com a incisão, outros desconfortos podem atingir o bichinho. Não é incomum vê-lo chorando e/ou sentindo dores nessa fase. A medicação pode ajudar a reduzir isso, por isso é importante oferecer os remédios corretamente.

É também normal que o pet coma menos, durma mais e esteja desanimado. Esse comportamento costuma durar poucos dias. Além disso, é possível que o animal fique um tempo sem urinar por causa do desconforto na região.

Leia também: Quais são as vantagens e desvantagens de castrar o cachorro?

Todas essas situações são passageiras e acontecem com a maioria dos bichinhos que passaram pela cirurgia de castração . Em poucos dias o peludo retornará a sua vida normal, caso contrário, notifique o veterinário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.