Tamanho do texto

Brincadeiras, hotéis, acupunturas e massagens são alguns dos serviços ofertados pelas creches para cachorros

Quando resolvemos atribuir à nossa vida um animalzinho, devemos antes pensar em diversos fatores, como o espaço a que vamos submetê-lo, o tempo que conseguiremos passar com ele e todos os cuidados importantes para o seu bem-estar. Porém, eles são seres irresistíveis e nem sempre conseguimos pensar racionalmente, planejando a rotina com a quantidade de cuidado e tempo que eles necessitam. Para ajudar nesses casos existem as creches para cachorros. 

+ Gambá invade loja de bebidas e é encontrado embriagado

O day care ou creches para cachorros , como são popularmente conhecidas, foram criadas exatamente para auxiliar os tutores que estão imersos à vida corrida e agitada da metrópole. Mas, o serviço ainda gera algumas dúvidas frequentes, para saná-las fizemos uma lista com os benefícios e os casos mais indicados. Confira!

As creches para cachorro são lugares para socialização e diversão do seu pet.
reprodução shutterstock
As creches para cachorro são lugares para socialização e diversão do seu pet.


O que são as creches?

É um espaço para o desenvolvimento e socialização do seu animalzinho. Lá, ele é exposto ao convívio com outros cães e estimulado por meio de inúmeras dinâmicas. "As atividades são baseadas nas 5 maneiras diferentes de enriquecer o ambiente: Enriquecimento Ambiental Social, Sensorial, Cognitivo, Alimentar e Físico. Estes proporcionam aos cães estímulos que vão de encontro às necessidades ligadas ao instinto canino, como buscar, farejar, superar um desafio, sentir novos cheiros, conviver com outros cães, entre outros", explica Priscila Francisco, engenheira e empresária na creche Dog Balance.

Alguns espaços oferecem planos diários, semanais e mensais. De maneira geral, seus pacotes incluem massagem, fisioterapia, acupuntura, piscina e diferentes afazeres. Há também o hotel, para quando o dono viaja e não tem com quem deixar seu cachorro. 

Como saber se o cãozinho está sendo bem tratado?

Alguns locais oferecem monitoramento online por meio de câmeras instaladas no ambiente, mas é sempre interessante pesquisar a instituição a fundo. Verificar não só as redes sociais do local, mas os comentários e depoimentos de já usuários, bem como os currículos dos funcionários que lá trabalham. Indicações são sempre bem-vindas!

E se o pet come uma ração diferente ou tem alguma rotina especial?

 As especificidades do pet são levadas em consideração. No quesito alimentação, as baias de alimento são separadas, podendo o tutor escolher, em suma, não só o que alimentar seu cãozinho, mas a quantidade de vezes dentro dos horários pré-estabelecidos com a creche. "Todo cão traz a sua alimentação própria. Fornecemos uma lancheira personalizada para cada cachorro e o tutor envia o alimento e a quantidade para ser dada no horário da refeição", pontua Simone, empresária e veterinária da creche Dogsland.

+ Como escolher o melhor colchão para gatos

As atividades das creches para cachorros auxiliam no desenvolvimento do animal
reprodução shutterstock
As atividades das creches para cachorros auxiliam no desenvolvimento do animal


Como as creches podem auxiliar no desenvolvimento do animal?

  • Gasto de energia: algumas raças são, originalmente, muito agitadas. E quando deixamos os cachorros presos em um espaço pequeno, que limite os seus movimentos, como os apartamentos, ou até mesmo em um ambiente em que não há estímulos, este cão tende a não gastar energia. Além de problemas de sáude, como a diabetes, e comportamentais, como a ansiedade de sepração, serem desenvolvidos, quando o dono chega em casa depois de um dia exaustivo, o bichinho não só sua atenção, mas brincar e correr. Deixá-lo em um espaço amplo e que o estimule, o fará gastar energia e, em casa, ter um convívio mais tranquilo e uma saúde melhor. 

  • Obediência: muitas vezes, por falta de tempo e atenção dos donos, os cães passam a fazer tudo o que querem, se tornando os próprios reis da casa. Ambientes como as creches impõem regras e limites, os fazem entender a importância de atos simples, por exemplo, fazer xixi no lugar certo. Sem contar que, dependendo do pacote, os profissionais da creche também ensinam aos cachorros técnicas básicas de adestramento.
  • Relacionamentos: os cães tendem a estranhar o que é novo. Quando é incluso em sua rotina um ambiente tão cheio de novidades, como o day care, eles se acostumam com os diferentes cheiros e cores e começam, gradualmente, a serem mais receptivos às mudanças. O resultado será um relacionamento melhor tanto com os outros cães, como entre as pessoas ao seu redor.
  • Comportamental: o acúmulo de energia, o isolamento e a falta de atenção podem deixar o seu cachorro mais impaciente, ciumento e até agressivo. Quando em contato com novos ambientes, ele é capaz de ocupar sua mente e aprende a focar em brincadeiras que não sejam destrutivas. Já que um cachorro, quando irritado, tende a comer móveis e destruir objetos.
  • Psicológico: um cãozinho estimulado fisicamente, com um amplo espaço, gasto considerável de energia, amor, atenção e carinho, só pode ser um animal com a saúde mental extremamente positiva.
  • Cuidados: com alguém cuidando e observando o cãozinho ao longo do dia, é mais fácil perceber quando ele não vai bem ou quando apresenta algum sintoma fora do comum. O contato só noturno ou aos finais de semana tende a facilitar o agravemento de algumas doenças, uma vez que por ver o cachorro exporadicamente o tutor pode não perceber claramente a presença dos sintomas. Alguns estabelecimentos possuem também uma espécie de check-up diário, onde é visto se existem pulgas, arranhões ou qualquer outra anormalidade.

+ Brinquedo de cachorro: saiba a importância de sempre comprar um novo

Como funciona a segurança do pet na creche?

A maioria das creches mantém um sistema reforçado de segurança, tanto para que o cachorro não fuja ou saia do estabelecimento, como para que ninguém o retire de lá sem autorização prévia do dono. "Os cães tem uma ficha de controle de retirada com os nomes das pessoas autorizadas. Todos devem assinar a retirada do cão todos os dias", afirma Simone da Dogsland.

Creche para cachorros têm adquirido mais e mais clientes
reprodução shutterstock
Creche para cachorros têm adquirido mais e mais clientes



Como são escolhidos os profissionais?

Na maioria dos locais, a escolha é feita de acordo com a aptidão do funcionário e, principalmente, a sua facilidade em lidar com animaizinhos. "Fazemos uma mistura de perfis, mas basicamente os funcionários devem ter menos de 30 anos e formação na área veterinária ou experiência em creche de cães. Além disso, obviamente, o profissional tem que amar cachorros e, inclusive, ter os próprios cães em suas casas", coloca Priscila da creche DogBalance. 

Cachorros de pequeno, médio e grande porte são separados?

Um dos grandes intuitos da creche é a socialização dos pets, portanto, essa divisão não é feita com base no tamanho dos cãezinhos e sim levando em consideração se é um cachorro com muita energia, se é agressivo, sua afinidade com o grupo e até seu temperamento. Para isso as creches propõe um dia de adaptação.  "Todos os cães passam por um dia experimental, no qual avaliamos o comportamento de cada um, sendo aceitos somente os cães sociáveis", explica Simone da creche Dogsland.

A creche para cachorro é, além de tudo, uma iniciativa social. Afinal, não ter tempo para cuidar do bichinho é uma das maiores desculpas para o abandono ou doação. A alternativa é segura e confortável, basta estar disposto a investir. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.