Tamanho do texto

Na hora de escolher o melhor modelo, é necessário considerar a qualidade e o tipo de material da rede

Como muita gente sabe, os gatos são um tanto quanto livres e adoram andar de forma independente, fazer uma visita ao vizinho e até subir em partes altas da casa. Algumas raças, inclusive, tem como característica escalar móveis e ficar até sobre o parapeito da janela, colocando a própria vida em risco , sem saber. É para esse tipo de situação que servem as redes de proteção colocadas em piscinas e escadas também. 

As redes de proteção ajudam a garantir um ambiente mais seguro para os animais
Reprodução/ Shutterstock
As redes de proteção ajudam a garantir um ambiente mais seguro para os animais

Não aguenta mais o cão pulando na piscina o tempo todo? As redes de proteção são uma ótima solução e garantem a segurança do pet , além do sossego do tutor. É uma alternativa indicada principalmente para quem passa o dia fora e não tem como supervisionar o animal o tempo todo. Mas para adquirir o acessório certo, é preciso conhecer o tipo certo, um material de qualidade e adequado para cada situação.

Tipo, material e manutenção da rede de proteção

Esses dois fatores influenciam diretamente na manutenção, na duração e na qualidade da rede. Existe um tipo específico para cada animal, de acordo com seu peso e tamanho. Para cães e felinos de médio e grande porte, o ideal é escolher uma malha de 5cmx5cm. No caso dos pequenos 3cmx3cm é suficiente.

Com relação a quanto a rede deve aguentar, o melhor é até 10 vezes além do peso do pet. Portanto, nada de comprar uma apenas para o tamanho do seu pet porque dependendo da velocidade com que o animal chega na rede o seu peso aumenta consideravelmente. Os materiais mais adequados precisam ser testados em laboratórios e suportar 500 kg de impacto no máximo.

Esse tipo de proteção tem validade e a garantia é de três anos, porém a manutenção é importante e as vezes até a troca do material dependendo da qualidade. Muita gente pensa que dura 5 anos, mas esse é um dos mitos sobre o assunto.

+Soluções para fazer seu gato parar de arranhar os móveis

A rede de proteção para animais garante o sossego do tutor e a segurança do animal
Reprodução/ Shutterstock
A rede de proteção para animais garante o sossego do tutor e a segurança do animal

No entanto, atenção: na hora de limpar não é qualquer produto que pode ser aplicado. Químicos estão totalmente proibidos, assim como corrosivos, detergentes abrasivos, alvejantes e tintas ou corantes. Isso tende a estragar a curto prazo e no máximo uma bucha com água e sabão neutro comum são recomendáveis.

As mais vendidas e recomendadas no mercado são as malhas feitas 100% de polietileno, porque têm mais elasticidade e permite mais movimentos do pet sobre ela sem correr o risco de arrebentar.

Instalação

A instalação envolve uma série de critérios - em especial quando é voltada para animais e deve conter instintos. Cada ambiente da casa precisa de um tamanho e tipo próprio de rede. O espaçamento entre os ganchos precisa ter no máximo 30 cm. A área tem de estar totalmente fechada, afinal qualquer abertura pode facilitar fugas ou possíveis acidentes.

Vantagem extra

Além de fazer esse papel importante de evitar problemas com os animais, como uma queda do parapeito da janela ou na piscina, a rede de proteção ainda protege contra raios ultravioleta (UV). Como fica exposta à luz solar diariamente esse fator evita o ressecamento da malha e aumenta sua durabilidade.

+Opções de brinquedos para gatos que podem ser feitos em casa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.