Tamanho do texto

Batata crua e banana são alguns dos alimentos que podem fazer mal para a saúde dos coelho; fique de olho

Com a alimentação não se brinca, por isso, é uma preocupação geral dos donos saber o que o pet pode comer. O coelho, por ser um animal herbívoro, consome apenas frutas, legumes e feno. Oferecer todos esses alimentos é a melhor maneira de construir uma dieta balanceada e suprir todas as necessidades nutricionais. 

Leia também:  Mas afinal, coelho come ou não cenoura?

No entanto, não é porque o coelho se alimenta de plantas que todos os tipos devem ser oferecidos. Existem algumas frutas e legumes que são tóxicas para o roedor, por isso seu consumo é proibido. Veja quais são e mantenha-os bem longe do seu bichinho.

Para preservar a saúde do coelho, é importante conhecer os alimentos proibidos e não se esquecer de não oferecê-los
reprodução shutterstock
Para preservar a saúde do coelho, é importante conhecer os alimentos proibidos e não se esquecer de não oferecê-los

Frutas proibidas

As frutas, no geral, já são alimentos de consumo controlado por causa do alto teor de açúcar. Mas, dentre elas, existem aquelas que são proibidas ou pelo menos devem ser evitadas. É o caso da banana e do figo. Apesar de ricos em vitaminas e com propriedades importantes, ambos contêm alta taxa de açúcar e são difíceis de digerir. Precisam ser evitados ou, no caso da banana, oferecido só em pequenas porções. 

No caso do damasco, nêspera, ameixa e pêssego, todos contêm cianeto na semente. Por isso, é preciso cortá-los e lavá-los antes e nunca oferecer pedaços com semente. A presença dessa substância provoca lentamente o aparecimento de tumores e doenças relacionadas ao sistema intestinal. Então, na dúvida, sempre retire as sementes e lave bem as frutas.

Já a graviola tem muito açúcar e excesso de gordura. O consumo só é recomendado em pequenas porções e de maneira espaçada. Por fim, o abacate. Ele contém um composto tóxico chamado pernis que é muito prejudicial à saúde do coelho e de outros pets. Jamais deve ser oferecido. 

Saiba mais:  Vacinas para coelhos: quando dar e quais são as mais importantes

Vegetais proibidos

A batata e o inhame contêm uma grande quantidade de solanina, um alcaloide extremamente tóxico. É possível eliminar essa substância com a fervura, mas os alimentos continuam sendo calóricos e ricos em amido e açúcar. Por isso, evite o consumo de ambos. O nabo e as favas são opções indigestas para o organismo do coelho, por esse motivo não são recomendados. Porém, as folhas do nabo podem ser consumidas e o pet adora.

via GIPHY

A cebola e o alho-poró também causam má digestão, mas tem efeitos colaterais ainda mais graves. A cebola contribui para a perda de glóbulos vermelhos, provocando fraqueza e tontura. Consumida em longo prazo pode causar anemia e a morte. Já o alho-poró provoca gases que o coelho não pode expulsar. 

Os cogumelos estão entre os alimentos terminantemente proibidos. Todas as variedades são perigosas, pois provocam o aparecimento de tumores. Vegetais como ervilhas, ruibarbo e cherovia contém alto teor de açúcar, podendo originar problemas intestinais, cerebrais e nos rins. 

Por último o alho. Durante muito tempo ele foi oferecido em pequenas porções para evitar o aparecimento de parasitas intestinais. Entretanto, é um alimento que causa desarranjos estomacais graves. Por isso, o consumo só pode ser de forma regular e diluído. 

Outros alimentos proibidos

Comidas com excesso de hidratos de carbono são prejudiciais para os coelhos, pois são difíceis de digerir e, em grandes quantidades, provocam a fermentação do estômago, danificando o sistema intestinal. Os alimentos com esse composto são: arroz, pão, bolacha, nozes, aveia, feijão, milho e cereais açucarados. 

via GIPHY

Bolos, frutas em calda ou cristalizada, doces em geral e alimentos industrializados são totalmente proibidos. Essas comidas não devem ser oferecidas a nenhum animal, pois são muito prejudiciais para o organismo. 

Produtos derivados do leite, como queijos, manteiga, requeijão, entre outros, também nunca devem ser consumidos pelo roedor já que são perigosos. Ração de cachorro e de gato, assim como carnes num geral, são indigeríveis para os coelhos por causa da proteína, então não podem ser oferecidos.  

Fique atento as plantas decorativas da sua casa

É normal ter plantas decorativas nas casas, principalmente aquelas com área externa. No entanto, algumas delas são tóxicas para os coelhos. Tem umas que são realmente venenosas, já outras causam gases que o roedores não conseguem ser eliminar. Esses gases tóxicos, se são incorporados na corrente sanguínea, provocam enteroxemia, algo que pode ser fatal para o bichinho. As plantas proibidas para o consumo são: 

  • Samambaias
  • Lírios
  • Oleandros
  • Narcisos
  • Papoilas
  • Junco
  • Bardanas
  • Marrubios
  • Íris
  • Louro
  • Hera
  • Tulipas
  • Asclepia
  • Campânula
  • Hortelã
  • Madressilva

Veja também:  O que você precisa saber antes de adotar um coelho?

Tome cuidado para seu coelho não ingerir nenhuma delas por engano. Como precaução, coloque as plantas num local alto ou em uma área restrita ao animal.

O coelho tem o organismo muito sensível, por isso precisa de atenção redobrada quando o assunto é alimentação
reprodução shutterstock
O coelho tem o organismo muito sensível, por isso precisa de atenção redobrada quando o assunto é alimentação


O que fazer se meu coelho comer um dos alimentos proibidos?

Apesar de todos os cuidados diários, existe a possibilidade do dono se descuidar e acabar oferecendo algum dos alimentos proibidos ou o coelho comer escondido e ninguém perceber. Nesses casos, leve o bichinho imediatamente ao veterinário para realizar exames de urgência e jamais o automedique. Quanto mais rápido for o dignóstico, maior serão as chances de recuperação. 

Lembre-se que é importante você dizer ao médico todos os sintomas demonstrado pelo coelho. Dentre os sinais mais comuns quando ocorre uma intoxicação temos: vomitos e convulsões; espamos e movimentos anormais; crescimento excessivo dos dentes; fezes ou urinas com consistência diferente, muito líquidas, com muco e cor anormal; apatia, dor, mal-estar e falta de energia; longas horas sem defecar e urinar; e ficar mais de 12h sem comer. 

Leia mais:  A fêmea engravidou? Saiba como cuidar dos filhotes de coelho

O coelho é um animal com organismos muito sensível, por isso precisa de um trânsito intestinal ativo para se sentir bem. Qualquer problema de saúde pode levar a morte se não for tratado o mais rápido possível. Tenha cuidado com o que é oferecido a ele. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.