Os animais não devem ficar na direção da corrente de ar
DanR/flickr
Os animais não devem ficar na direção da corrente de ar

Os cuidados com os animais de estimação em épocas mais quentes ou frias do ano estão sempre entre as principais preocupações de quem convive com pets, especialmente aqueles que são criados em ambientes externos.

Muitos animais, porém, são criados em ambientes fechados, como apartamentos, que estão sempre com uma temperatura controlada, não importa se do lado de fora está quente ou frio, o ar condicionado mantém a temperatura regular. Mas qual exatamente é a temperatura ideal para um animal de estimação? E o uso do condicionador de ar pode ser, de alguma forma, prejudicial aos animais de estimação?

Para sanar essas dúvidas, o Canal do Pet conversou com a médica veterinária Mayra Susenko que explica que o uso do ar condicionado, de forma geral, não faz mal à saúde dos animais, mas alguns cuidados importantes devem ser tomados.

“Mudanças bruscas de temperatura – muito frio ou muito quente se comparado à temperatura ambiente pode causar choque térmico -, evitar que o pet fique direto abaixo da saída de ar, manter a limpeza e manutenção dos filtros de ar e do aparelho em dia, e prestar atenção na umidade do ar no ambiente em que o aparelho de ar condicionado está ligado”, explica.

Equipamentos que desumidificam demais o ar podem causar ressecamento das vias aéreas dos pets, o que facilita os quadros de doenças respiratórias. O semelhante acontece também com o uso de aquecedores, que podem ser usados para aumentar o conforto térmico dos pets, mas devem ficar fora do alcance dos animais – especialmente aquecedores de chão, que podem causar queimaduras.

Raças braquicefálicas (de focinho curto) precisam de uma atenção ainda maior em relação à umidade do ar.

Ar condicionado pode ser um grande aliado no conforto dos pets, mas alguns cuidados devem ser tomados
DanR/flickr
Ar condicionado pode ser um grande aliado no conforto dos pets, mas alguns cuidados devem ser tomados

“Tanto no uso do ar condicionado quanto no aquecedor, este é um fator muito relevante para estes pets porque o ar muito seco também dificulta a respiração. Optar por aparelhos que não desumidificam muito o ar ou usar um umidificador no mesmo ambiente podem ajudar”, indica a veterinária.

A limpeza do aparelho também é essencial, filtros sujos podem promover a proliferação de ácaros, bactérias e fungos, sendo um grande risco a saúde dos pets e também dos tutores.

“Estes agentes têm potencial de causar problemas respiratórios não apenas nos pets como nos humanos também. Para evitar que isso aconteça, a limpeza dos filtros do ar condicionado deve ser feita corretamente e sempre no prazo estipulado pelo fabricante. Este é o cuidado principal”, afirma.

Cuidados com filhotes e idosos

Animais idosos e filhotes têm o sistema imunologico mais frágeis e precisam de maior atenção
Rick Cameron/flickr
Animais idosos e filhotes têm o sistema imunologico mais frágeis e precisam de maior atenção

Mayra diz que não existe nenhuma restrição em relação à idade dos animais, mas filhotes e idosos têm um sistema imunológico mais frágil, “para eles a variação da temperatura ambiental em comparação à climatizada deve ser bem pequena”.

Para que o uso do ar condicionado seja sempre benéfico para a saúde e o bem-estar dos animais é fundamental que os tutores sigam certos cuidados.

  • A temperatura ideal do ambiente não deve ser inferior a 22ºC e nem superior a 27ºC;
  • Evite deixar o pet muito perto da saída de ar condicionado e não permitir que ele se aproxime do aquecedor para que não corra o risco dele se queimar;
  • Mantenha potes de água fresca para o pet consumir e se hidratar no ambiente climatizado;
  • A umidade do ambiente também importa! Busque aparelhos que não reduzam muito a umidade do ar, ou use um umidificador quando o ar condicionado/aquecedor estiver funcionando;
  • Fique atento a possíveis incômodos ou desconfortos dos pets (se ele quiser sair do ambiente, não deve ser impedido);
  • Mantenha o ar condicionado/aquecedor sempre limpo e com a manutenção em dia.

Para garantir que o seu pet terá toda a ajuda sempre que precisar, iG Pet Saúde está com novos planos. Cães e gatos podem contar com consultas de rotina e de emergência, cirurgias, vacinas e muito mais.  Conheça todas a vantagens de se ter um plano de saúde pensado especialmente para você e para o seu pet!

Acompanhe o Canal do Pet  e os maiores destaques do  Portal iG no Telegram!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários