A lambedura do gato é fator principal de limpeza do animal. Mas e se, por algum motivo, ele não conseguir se lamber? Ou não tem o costume de fazer isso com muita frequência? Gatos obesos, por exemplo, possuem muita dificuldade em conseguir realizar o ato.

De acordo com Juliana Pajosse, médica veterinária, se o animal deixar de se lamber ele pode ficar com odor de urina mais acentuado. Além disso, pode aparecem caspas no dorso do animalzinho, que indica problema de couro cabeludo seco e pode provocar muita coceira no felino.

Gatinho dentro de bacia de banho azul com espumas
reprodução shutterstock
Confira alternativas para limpar o gato que não consegue se lamber

Porém, mesmo com a principal forma de limpeza comprometida, há algumas coisas que o tutor pode fazer para ajudá-lo a se limpar. Juliana Pajosse dá algumas alternativas.

Posso dar banho no meu gato?

Em relação a banhos, eles só são recomendados aos felinos em caso de extrema necessidade. Em gatos que não conseguem se lamber, podem ser realizados uma vez por mês. Apesar disso, a frequência poderá ser maior se o tutor perceber que o pet necessita de uma limpeza maior mais vezes, mas sempre com moderação.

A veterinária ainda pede atenção para a genitália do animal, região mais sensível e que precisa de uma limpeza mas cuidadosa. Para isso, você pode usar uma toalha ou lenço umedecido. Passe de forma delicada depois que o animal usar a caixa de areia para fazer suas necessidades. Além de limpar o local, isso ajudará a não deixar mal cheiro na região genital do bicho. 

Aposta na escovação

As escovas devem ser passadas na pelagem do animal, do pescoço até a cauda. Opte por um utensílio para pelos espessos, densos ou grossos, assim, ele removerá o excesso de sujeira da superfície do bichano. O procedimento pode ser feito a cada dois dias, ou quando o tutor achar necessário.

Banho sem água também é uma alternativa

Você também pode utilizar xampus à seco. Eles consistem em uma espécie de espuma higienizadora que permite limpar os pelos do felino sem molhá-los.

Juliana Pajosse ressalta que é fundamental usar produtos de limpeza específicos para gatos e nunca usar itens que não sejam destinados a animais sem orientação do veterinário.








    Veja Também

      Mostrar mais