As temperaturas estão caindo cada dia mais, o inverno está se aproximando, e os donos de pets já estão tomando providências para manter todos aquecidos. Ao contrário do que alguns tutores pensam, as aves, como as calopsitas , também sentem frio e precisam de cuidados durante esse período.

Leia mais: 

"Algumas pessoas falam que as calopsitas não sentem frio por possuírem penas e plumas para reter o calor do corpo. Essa informação está equivocada, porque as penas não esquentam a ave, somente mantém a temperatura, e se ela está com a temperatura baixa, não tem como se aquecer", explica a bióloga Rayane dos Santos, responsável pelo treinamento do setor de aves da Cobasi.

Calopsita com pelagem do corpo acinzentada
shutterstock
Ao contrário do que alguns tutores pensam, calopsitas sentem frio e precisam ficar aquecidas durante o inverno

Para identificar quando sua calopsita está com frio basta reparar se suas penas estão eriçadas, além de geralmente ficarem na posição de dormir (encorujadas com a cabeça embaixo da asa) preferindo muitas vezes o chão da gaiola ao poleiro. Se não bem cuidadas nessa época do ano, podem ter perda de apetite, baixa na imunidade, e  doenças respiratórias como broncopneumonia e inflamação nos sacos aéreos, além do óbito se não levado a sério.  

Para evitar os problemas gerados pelo frio a especialista dá dicas do que você pode fazer para manter as aves aquecidas, veja.

  • Evite colocar banheiras para as calopsitas se banharem nesse período, se necessário, coloque sempre no período mais quente do dia para que elas se sequem rapidamente.
  • Podemos dar banho de sol na ave, para que ela se aqueça naturalmente durante o dia, e nos períodos da noite utilizar aquecedores convencionais ou lâmpadas de cerâmica que não emitem luz, somente calor, e são ótimas por não retirarem a umidade do ar.
  • Melhorar a alimentação é essencial. No inverno as calopsitas tem maior gasto energético para manter a temperatura, por isso, o ideal é oferecer maior variedade de sementes, verduras, frutas e farinhadas que contenham proteínas e minerais.
  • Você deve proteger o local onde elas ficam. As gaiolas devem ficar em locais sem correntes de ar ou friagem, e o ideal é que fiquem dentro de casa. Você também pode colocar capas ou toalhas cobrindo a gaiola, deixando um espaço para entrar claridade.
  • Geralmente o frio traz consigo a baixa umidade podendo aumentar o risco de infecções respiratórias. Nesse caso podemos utilizar um umidificador de ambiente ou até mesmo um copo com água próximo da gaiola, para evitar esse problema.

A bióloga ainda atenta para o uso de roupinhas nesses animais. Por mais que sejam bonitinhas, elas podem ser usadas apenas nos outros pets, como gatos e cachorros. "Elas podem gerar estresse nas aves, além de ficarem bicando o tecido. Podem até mesmo fazer com que se enrosquem nos poleiros ou na grade da gaiola ocasionando um acidente.





    Veja Também

      Mostrar mais