Tamanho do texto

É importante os donos estarem preparados para cuidar dos ferimentos em casos de emergência

Os animais de estimação estão sempre sujeito a se machucarem, mesmo que não saiam de casa. Isso acontece porque eles são muito curiosos e travessos, então acabam se metendo em confusões. Por isso, é importante que os donos estejam preparados para cuidar dos ferimentos e ter um kit primeiros socorros equipado. 

Leia também: Meu cachorro sofreu um envenenamento, como proceder?

Saber lidar com os machucados é um jeito de evitar que o problema se agrave. Dependendo do tipo de lesão, como um arranhão, o próprio dono consegue resolver em casa com o auxilio do kit primeiros socorros . No entanto, é importante lembrar que esses cuidados não substituem a avaliação médica. Por isso, se a situação pede a atuação de um profissional, não deixe de levá-lo a uma clínica. 

É muito importante ter um kit primeiros socorros para agir rapidamente em caso de ferimentos
reprodução shutterstock
É muito importante ter um kit primeiros socorros para agir rapidamente em caso de ferimentos

A importância do kit primeiros socorros

O kit não serve apenas para lidar com ferimentos pequenos, mas também é essencial em casos mais graves. Imagine que seu pet se cortou profundamente. Tendo os itens certos em casa você poderá realizar os primeiros socorros enquanto chega ao atendimento médico. Essa rápida assistência pode contribuir para o salvamento do animal. 

Tirando os ferimentos que ocorrem ocasionalmente, como arranhões e pequenos cortes, os peludos estão sujeitos diariamente a lesões sérias, tanto dentro quanto fora de casa. Mordidas, engasgos, queimaduras, envenenamento, intoxicação, cortes profundos e acidentes de trânsitos são alguns exemplos.

Agir com rapidez diante de situações que colocam em risco a vida ou saúde dos pets é muito importante. Cabe a todos os donos estar preparado para ajudar o companheiro. 

Não utilize produtos de uso humano

Antes de ir comprar os itens para o kit, lembre-se que não pode utilizar os mesmos disponíveis para humanos. O seu pet não é uma pessoa, além disso, tem um pH e metabolismo diferente. Portanto, os desinfetantes e medicamente devem ser apropriados para a espécie.

Leia também: Como tratar picada de animais peçonhentos em cães e gatos

Então, monte um estojo de primeiros socorros só com itens de uso veterinário. Se puder, consulte um profissional de confiança para comprar as marcas e os elementos mais adequadas para seu peludo, deixando de fora aquelas que podem vir a prejudicar. 

Itens necessários na maleta

Focinheira : nem todos os donos gostam desse objeto, pois acreditam que machuca os pets. Mas, a focinheira é necessária nesses casos para evitar que o animal te machuque durante a limpeza do ferimento. Por mais dócil que ele seja, está sentindo dor e pode revidar violentamente. É melhor prevenir que ambos se machuquem. 

Luvas de látex ou borracha descartáveis : importante para evitar que sua mão entre em contato com o ferimento e transmita germes e bactérias. É muito importante priorizar a higiene nessas situações.

Gazes : auxilia na limpeza do local afetado e ajuda a estancar sangramento. Além disso, é ótimo para fazer curativos. Opte por este produto em vez do algodão, uma vez que este último gruda em ferimentos. 

Cotonetes : irá ajudar a limpar pontos específicos do machucado e na aplicação de medicamentos líquidos.

Esparadrapo : ajuda a segurar o curativo.

Monte o estojo de primeiros socorros com itens de uso veterinário e consulte um profissional de confiança para comprar os itens necessários
reprodução shutterstock
Monte o estojo de primeiros socorros com itens de uso veterinário e consulte um profissional de confiança para comprar os itens necessários

Ataduras : ajudam no processo de curativos ou imobilizações de áreas machucadas.

Desinfetantes e soro fisiológico : essencial para limpar ferimentos, mesmo que não estejam infeccionados. Tome muito cuidado com a validade do produto. Sempre verifique antes de utilizá-lo.

Sabonetes antissépticos : quando for lavar o ferimento com água corrente, utilize esse sabonete para desinfetar a região.

Tesoura : serve para cortar a gaze, esparadrapo e ataduras. Compre uma específica para que precise utilizar uma contaminada.

Água oxigenada : só deve ser utilizado em casos específicos, como quando o ferimento está muito infeccionado. A água oxigenada irá ajuda na desinfecção. Caso contrário, utilize somente o soro ou desinfetante. Esse produto também serve como indutor de vômito. 

Leia também: Como acostumar o cachorro com a focinheira

Termômetro : muito importante para verificar a temperatura e descobrir se o pet está com febre. Compre um próprio para o uso animal e peça auxílio ao veterinário para aprender a usar. Lembre-se de esterilizar após a utilização. 

Analgésicos e anti-inflamatórios : ajudará na redução de dor e aceleração da cura. Jamais ofereça remédios de uso humano, pois prejudicará a saúde do pet. Compre um específico para a espécie e indicado pelo profissional.

Medicamentos para a diarreia : ajudam a diminuir a diarreia. Assim como foi recomendado anteriormente, só ofereça medicamentos próprios para animais e receitados pelo veterinário.

Pinça : item perfeito para retirar com segurança espinhos dos pelos e carrapatos, por exemplo. Como as de médico são muito caras, uma alternativa barata são as de costureira, uma vez que são fáceis de manusear e tem a ponta fina. Porém, não se esqueça de sempre esterilizar após o uso e secar bem antes de guardar, para evitar que enferruje. 

Seringa : item para dar medicamentos líquidos direto na boca no animal. Lave bem após o uso para não ficar com resquícios de remédio.

Pomadas cicatrizantes : auxiliará na aceleração da cura.

Antiparasitários : reduz ou elimina parasitas que estão na pele ou organismo do animal.

Anti-histamínicos : recomendando para animais alérgicos a picadas de insetos, sobretudo de abelhas.

Dicas adicionais

Verifique periodicamente a validade dos remédios e demais elementos. Jogue fora caso tenha passado da data.
reprodução shutterstock
Verifique periodicamente a validade dos remédios e demais elementos. Jogue fora caso tenha passado da data.

No momento em que seu amigo se machuca, não é viável fica procurando pela casa toda os itens necessários. Para evitar, reúna todos numa maleta ou caixa. Será bem mais simples encontrar o que precisa quando está tudo reunido no mesmo local. Lembre-se de manter sempre organizado para achar os itens rapidamente em caso de emergência.

Verifique periodicamente a validade dos remédios e demais elementos. Jogue fora caso tenha passado da data. Guarde o kit em um local seguro, com temperatura ambiente e de fácil acesso. Assegure-se que todos os membros da família saibam onde está guardado para casos emergenciais. 

Leia também: Seu gato se machucou em casa? Aprenda a realizar os primeiros socorros

Além disso, é interessante ter um segundo kit primeiros socorros com itens essenciais para quando for transportar o animal, principalmente em viagens longas. E claro, deixe em um local visível o número de veterinário e da emergência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.