Tamanho do texto

Para ter um tucano é imprescindível ter a autorização do IBAMA

O tucano é uma bela ave e poucos acham o contrário. Seu longo e firme bico é uma característica marcante, assim como seu penacho preto e vibrante. É nativo do Brasil, encontrado nas floresta da América do Sul e Central. Existem várias espécies e tucano é apenas o nome geral e popular do animal. Toda essa beleza atrai os olhares de amantes de pássaros, que passam a desejar um exemplar para si.

+ Tucano curioso para em frente de câmera e vídeo viraliza na internet

Apesar de ser uma ave silvestre, é possível ter uma em casa, mas existem algumas condições. A primeira é a necessidade de autorização de IBAMA, que é responsável por fiscalizar todo processo de compra e doação. É ilegal adquirir um  tucano  sem a permissão do órgão, por isso é imprescindível se atentar a isto.

O tucano vive em florestas da América do Sul e Central
Reprodução Pinterest
O tucano vive em florestas da América do Sul e Central

A segunda é você ter certeza de que tem condições de manter um tucano. É uma ave linda, mas não se deixe levar pela aparência, pois dá bastante gasto ter uma. Apesar de não ser uma criação difícil, ela demanda muita paciência e cuidados. Planeje-se antes de adotar um exemplar para não se arrepender futuramente. 

Como adotar um tucano

O ideal é encontrar um criadouro de confiança e onde o animal seja bem tratado. Grandes pet shops podem ter disponíveis alguns exemplares, ou então funcionarem como intermediários de criadouros. Se informe bem sobre o local antes de realizar a adoção. É importante que o lugar seja legalizado, cuide adequadamente das aves e não as maltrate. 

Na hora de escolher seu tucano, analise a personalidade da espécie, se ele fica calmo perto de você e aceita sua presença. Esta ave será sua companheira por bastante tempo, então é importante que a empatia seja mútua. Se possível, opte por filhotes, pois são mais fáceis de domesticar e se adaptar a um novo ambiente. 

+ Dicas para ajudar um pássaro ferido e evitar possíveis acidentes

Onde posso criar 

Sítio, chácaras ou casas de veraneios são bons locais para criar um tucano, pois há um espaço amplo para colocar a gaiola e está próximo da natureza. No entanto, residências urbanas também podem receber esta ave. Ou seja, a criação do animal é viável em qualquer local, basta ter uma estrutura adequada. Não adianta você morar num apartamente pequeno e insistir em adicionar uma gaiola de tucano. O ambiente se tornará desagradável para dono e animal. Por isso, analise bem sua casa, veja se ela comporta um pássaro silvestre de forma que ele fique o mais confortável possível. 

via GIPHY


A gaiola

A gaiola precisa ser bem grande, como a de uma cacatua ou maior. Lembre-se: o tucano é uma ave que vive na natureza, então quando maior for sua "casa" mais agradável será. Ele não consegue escalar, então precisa de espaço suficiente para voar. Para ter uma noção de tamanho, um tucano de médio porte precisa de uma gaiola ou viveiro medindo cerca de 3,5 m por 2,5 m por 2 m.

Para melhorar, coloque uns três poleiros espalhado pelo ambiente. Adicione uma caixa de madeira com um buraco onde o animal possa se esconder ou até dormir durante a noite. Esse "abrigo" deve ser grande o suficiente para a ave se mover lá dentro. Opte por gaiolas com o fundo removível e de preferência com areia no piso, pois absorve melhor os excrementos. O tucano não mastiga madeira, então geralmente não gosta dos típicos brinquedos de aves. Mas, para deixar o local mais agradável e natural, decore com plantas atóxias e pequenas árvores. 

Coloque a "casa" num local protegido de corrente de ar, pois o tucano é sensível a mudanças de temperaturas e pode adoecer facilmente. Por outro lado, também não o deixe totalmente exposto ao sol. Coloque uma banheira para a ave se banhar e borrife água de vez em quando, ela irá gostar. 

Fique atento se a gaiola estiver ao ar livre, pois, sempre que a temperatura ambiente estiver superior a 32ºC ou abaixo de zero, leve seu tucano para dentro de casa. Climas extremos não fazem bem para a saúde. 

Muitas vezes, o tucano pode compartilhar sua "casa" com outras aves, mas jamais o abrigue com pequenas espécies, como tentilhões. Verifique antes quais pássaros o tucano se dá melhor para que a convivência seja pacífica. 

Para viver em cativeiro, o tucano precisa de uma grande gaiola
Reprodução Pinterest
Para viver em cativeiro, o tucano precisa de uma grande gaiola













+ Conheça os sintomas e tratamentos das principais doenças de pássaros

Convivência com o tucano

O tucano é um animal muito inteligente, curioso e está alerta a tudo. Pode aprender truques simples, como rolar e pegar bolinha. Treiná-lo é mais fácil do que com papagaios, então vai da imaginação do dono explorar a capacidade da ave. É bastante brincalhão, amigável e afetuoso. Ao contrário de outros pássaros de estimação, o tucano não dá mordida dolorosa e nem grita como as araras. 

Adora que coçe atrás da cabeça e ser alimentado manualmente. É supreendente que uma ave silvestre pode ser tão boa como estimação. Tem expectaiva de vida até uns 20 anos, então será um companheiro de longa data. Cuidar de um tucano não é difícil, basta atenter todas as suas necessidades. 

Uma recomendação importante é: não corte as asas de seu tucano. Ele não consegue escalar e não deve ser privado de voar, a fim de pode fazer exercícios físicos e se mover no território. 

Alimentação

Esta ave é frugívera, ou seja, a dieta primaria é constituída por frutas. Ofereça mamão, banana, maçã, melão, pêssego, manga, entre outros. Não pode faltar um dia sequer frutas na alimentação do animal. Algumas verduras como tomate, pepino e cenoura também pode ser adicionados a dieta. Existem rações para tucanos que podem ser compradas em lojas especializadas e outros alimentos que reforçam a dieta. No entanto, consulte um veterinário para ter certeza do que pode ser dado ao pet além de frutas.   

O tucano não é um animal que come muito, então duas refeições costumam saciá-lo. Também não bebe muita água, pois satisfaz a maioria das suas necessidades de água por meio da ingestão de frutas. Mas, sempre ofereça água limpa e fresca, mesmo que ele beba pouco. 

Em relação aos alimentos proibidos, nunca dê alpiste. O tucano é incapaz de digeri-lo e pode desenvolver problemas intestinais. Evite comidas ricas em ácido cítrico, como limão, uva e abacaxi e não dê alimentos ricos em ferro. 

via GIPHY


Higiene

A gaiola precisa ser higienizada diariamente para garantir a saúde do animal. Retire os excrementos e restos de alimentos sempre, isso irá evitar proliferação de fungos e bactérias. Poleiros, ninho, banheira, comedouro e bebedouro também devem ser limpos. 

+ Saiba como ajudar seu pássaro a se adaptar ao novo lar

Saúde

O tucano é bastante saudável, mas é propenso a ter certas condições de saúde, como hemocromatose e parasitas internos. Para evitar isto, leve-o regularmente ao veterinário para realizar exames e se apresentar qualquer condição estranha. É muito importante o acompanhamento de um especialista para a ave se desenvolver saudável. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.