Tamanho do texto

Além de dócil, a chinchila ocupa pouco espaço e não incomoda com odores e ruídos

Uma das maiores dúvidas na hora de adotar um pet é referente ao espaço necessário a ele, aos gastos e de quantos cuidados ele precisa. Normalmente se o tutor é muito ocupado, vive em um lugar pequeno e quer um bichinho dócil e tranquilo, os roedores são boas opções, como o  hamster ou a chinchila. Esta última, em específico, não dá muito trabalho e os custos para mantê-la feliz e saudável são relativamente baixos.

+10 animais exóticos que você pode ter em casa

A chinchila é um roedor fofo, dócil e ótimo para todas as idades, além de não dar muito trabalho e ocupar pouco espaço
Reprodução/ Shutterstock
A chinchila é um roedor fofo, dócil e ótimo para todas as idades, além de não dar muito trabalho e ocupar pouco espaço




Mas, para ter uma chinchila em casa, é preciso conhecer um pouco de sua personalidade, seus principais hábitos e saber de tudo que ela mais precisa para se sentir confortável e acolhida. No geral é um animal muito fofo e amável, ótimo para diferentes idades.

Cacterísticas da chinchila

A chinchila , para quem conhece pouco sobre ela, é um animal roedor, de tamanho pequeno, que chega até no máximo 30 cm. Pesa em média entre 450g e 900g na fase adulta; as fêmeas costumam ser maiores do que machos.

Sua aparência é uma mistura do  coelho e do hamster, a cor considerada padrão é o cinza, mas hoje em dia há mutações que levam do branco ao cinza, com alguns reflexos de lilás. Um dos problemas de serem animais parecidos é que muitas pessoas mal intencionadas vendem o hamster como chinchila, sendo que ela é bem maior.

Na sua essência, historicamente, esse bichinho era herbívoro e sempre se alimentou de frutos, folhas, cactos e pequenos arbustos, assim como de insetos, na ausência de outras comidas.

Chinchila: características e principais cuidados para criar uma em casa
Reprodução/ Shutterstock
Chinchila: características e principais cuidados para criar uma em casa

Ela vive em média 9 anos, mas há alguns casos de animais que duram entre 14 e 20 anos. Tudo depende da qualidade de vida do pet.

Os dentes dela crescem, curiosamente, 5 centímetros ao ano e por isso precisam de maneiras para desgastá-lo e de cuidados especiais.

A pelagem da chinchila é tão fofa e macia quanto sua personalidade. É conhecido por ser um pet dócil, calmo e tranquilo, mas não gosta de estar o tempo todo no colo, prefere explorar o local e subir no dono. É perfeito para quem tem crianças em casa e pouco espaço para abrigar o animal, sem tempo para levá-lo para passear. 

A escolha da chinchila

Uma chinchila pode ser adotada ou comprada, mas é preciso ter certeza de que sua saúde está em dia. A pelagem deve estarcompleta, sem falhas, bonita, brilhante e sedosa. Os ouvidos devem estar limpos, os olhos brilhantes e normais - se estiverem esbugalhados podem representar alguma doença - e ânus seco também não é recomendável. 

Para examinar, pegue o bichinho na mão, se ele te morder ou arranhar escolha outro. 

Também é importante avaliar o tamanho do animal, que varia de acordo com sua raça (que no caso deste são duas).

+Conheça as principais doenças que atingem o coelho

Raças

Esse pet pertence ao gênero Chinchillidae  e é nativa dos Andes, na América do Sul. Pode ser da raça Brevicauda ou Lanígera. A primeira é aquela que só vive em estado selvagem e a segunda é essa de cativeiro, comum em muitos lares.

A alimentação da chinchila é à base de ração, vegetais e frutas secas
Reprodução/ Shutterstock
A alimentação da chinchila é à base de ração, vegetais e frutas secas


Principais cuidados

No geral, a chinchila não dá muito trabalho e só precisa dos cuidados básicos referentes à higiene e alimentação. Mas é importante oferecer sempre comidas e gaiola específicos para esse animal, nunca o mesmo de hamster e coelho.

Ela gosta de sair da gaiola e andar pela casa. Inclusive é saudável soltá-la durante algum tempo todos os dias. É curiosa e adora mastigar tudo que vê pela frente; tenha certeza de que o espaço é seguro para ela e não tem nada com que possa se machucar. 

Deve ser deixado em um lugar arejado, mas sem muita corrente de ar e sem excesso de calor e incidência de sol. É importante ter sempre água e comida fresca e ter seu espaço respeitado, em especial quando grávida, para evitar estresse, a maior causa de mortes desse animal. 

Alimentação

Ela vai precisar de ração própria, que não contenha grãos à vista, como ervilha, amendoim, milho ou girassol, por serem ricos em gordura. Um típico herbívoro, alfafa em cubo ou em rama é uma alternativa, assim como certas frutas: banana, maça e uva, todas desidratadas. Tem um sistema digestivo sensível e não deve ser sobrealimentada, para evitar a obesidade e problemas intestinais. 

É interessante oferecer "guloseimas" como forma de recompensa para treinar o animal a entrar em sua gaiola, por exemplo. Sempre que o tutor oferecer a comidinha e o pet entrar, pode dizer "casa". Assim, ele associa o prêmio à obediência. 

+Saiba tudo sobre mini pig: características, como cuidar e onde aquirir um

via GIPHY


Gaiola

A gaiola deve ser própria para a chinchila, com estrutura que caiba ela e também tenha espaço para se movimentar. As casas para hamster, porquinho da índia e coelho não são adequadas para este. Deve ser alta, feita de arame, com pelo menos dois andares de prateleiras para escalar. Vai precisar também de um bebedouro e comedouro, ninho, areia e brinquedos. O piso ser completamente preenchido por feno e o ideal é limpá-lo diariamente. Deve conter, ainda, uma toca, onde se sinta segura principalmente quando recém-chegada, e rodinha para queimar energia.

Banho

Esse animal já é naturalmente limpo e assim como seu corpo, as fezes não têm odores. Pulgas e outros  parasitas não sobrevivem em sua pelagem, por ser muito densa. Por isso, só precisa manter sua pelagem sedosa e sem sujeiras. Jamais deve tomar banho com água. O carbonato de cálcio é uma substância parecida com a areia e deve estar no fundo da gaiola, nele a chinchila irá rolar e em questão de minutos estará totalmente desengordurado e ainda é uma chance de se refrescar. 

via GIPHY


Brincadeiras

A chinchila adora brincar e precisa disso para estar saudável. É imprescindível ter vários brinquedos mastigáveis, para desgastar os dentes, que crescem de forma contínua. Adora rodas e é ideal ter uma em sua gaiola, mas apropriada para seu tamanho grande, fundamental para garantir movimento e queima de energia ao pet.

+Os animais mais exóticos que pessoas famosas já chamaram de pets

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.