Andrea Cisternino tem um abrigo que cuida de 400 animais
Reprodução/Facebook
Andrea Cisternino tem um abrigo que cuida de 400 animais

Andrea Cisternino, um ex-fotógrafo italiano foi chamado de herói nas redes sociais ao se recusar a deixar sua casa em Kiev, na Ucrânia, para não abandonar cerca de 400 animais que ele mantém em seu abrigo, mesmo com o risco iminente da invasão russa ao país.

Nascido em Roma, Andrea chegou a afirmar em uma publicação no Facebook que “prefere morrer” do que deixar os animais para trás, entre os quais estão cães, gatos, ovelhas, cabras, porcos e cavalos.

Ele vem compartilhando atualizações sobre sua situação para 66 mil seguidores. Na última quinta-feira (24), dia em que Vladmir Putin iniciou sua invasão ao país, Andrea declarou: "Vou morrer aqui pelos meus animais... Tenho que pensar em salvar um refúgio e são 400 convidados que merecem ser protegidos a qualquer momento custo".

Mesmo com helicópteros militares russos voando sobre o abrigo, Andrea continuou atualizando seus seguidores sobre ele e seus animais abrigados. Ainda na primeira noite da invasão, ele comentou: "Aqui é toque de recolher das 22h às 19h, tudo está fechado, o abrigo está no escuro, casas com poucas luzes, mais explosões há pouco tempo, vamos esperar por uma noite tranquila".

Leia Também

A última postagem de Andreas, até o momento, foi na sexta-feira (25), quando agradeceu aos seguidores pelo apoio. Os seguidores estão chamando o ex-fotógrafo de herói. Um usuário chegou a dizer que: “Toda nossa solidariedade, sua dor é nossa e esperamos que todo esse absurdo cesse por respeito às vidas humanas”.

Um outro usuário afirmou que Adreas, sua esposa e mais três pessoas estão buscando refúgio no santuário e passam bem, apesar dos conflitos, e que ainda têm suplementos para eles e para os animais.

Acompanhe o  Canal do Pet também no Telegram. E, para garantir o melhor para o seu melhor amigo,  conheça todas as vantagens de ter um plano de saúde pet!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários