Weimaraner
Pixabay
Weimaraner

O weimaraner é uma raça alemã criada por volta do século 17, é provável que sua origem venha da mistura de algumas raças, como hühnerhund, pointers, bloodhound e schweisshund vermelho. Os weimaraner se destacam pelo seu porte físico grande e musculoso, com pelos prateados que lhe renderam o apelido de “fantasma de prata”.

Originalmente criados pensados para a caça de animais de grande porte, como ursos, hoje o convívio com os humanos tornou a raça dócil e bastante apegada aos tutores. O nome dado pelo duque Karl August que, supostamente, teria sido o responsável pela origem da raça. Weimaraner significa “proveniente de Weimar”, região que atualmente pertence ao estado da Turíngia.

Os criadores alemães eram extremamente restritos quanto à pureza da raça e proibiam qualquer tipo de comércio do animal, sendo permitida apenas a troca entre criadores, membros do grupo oficial de criação e manutenção da raça, criado na Alemanha em 1897.

Apenas em 1938 o americano Howard Knight conseguiu aprovação para levar cachorros aptos a procriar para os Estados Unidos, onde em 1942 foi criado o “Weimaraner Club of America”, a raça foi reconhecida oficialmente pelo AKC (American Kennel Club) no ano seguinte.

Características

O weimaraner é apelidado de
shutterstock
O weimaraner é apelidado de "fantasma de prata", por sua cor acinzentada

Um cachorro alto, que pode chegar a medir 67 centímetros e pesar de 25 a 40 kg, pode parecer bravo e amedrontador, mas é um cão bastante dócil e apegado aos tutores, incluindo crianças.

Por sua criação muito ligada aos humanos, sua convivência com outros animais pode não ser muito fácil, por isso é bom que seja socializado desde filhote. Além disso, a forte ligação ao tutor pode acabar se tornando uma dependência, deixando o animal bastante ansioso ao ficar sozinho, por isso é importante que se procure um educador comportamental ainda na infância do cachorro.

O weimaraner não é muito agitado, mas necessita de exercício físico para queimar energia, cerca de uma hora e meia por dia. O ideal é cria-lo em locais com bastante espaço para que ele possa correr e se movimentar livremente.

Você viu?

Cuidados com a higiene

Weimaraner
Pixabay
Weimaraner

Possui pelos curtos e há pouca descamação, por isso seus banhos podem ser apenas mensais, com atenção redobrada para as orelhas, que são caídas e com pequenas dobras, por isso podem acumular umidade, sendo ideal para fungos e infecções.

Mesmo curtos, o ideal é que se escove seus pelos pelo menos uma vez por semana. As orelhas precisam também ser constantemente monitoradas e higienizadas com soro fisiológico ou outro produto recomendado pelo veterinário.

Cuidados com a saúde 

weimaraner
Pixabay
weimaraner

O weinmaraner também está propenso a doenças nos ossos, como displasia de quadril, comum em animais altos como ele. É importante que o tutor não force as patas traseiras do animal durante as atividades físicas.

Eles também podem sofrer de hipotireoidismo, que afeta a produção de hormônio tiroxina, afetando o metabolismo e acarretando em perda de pelo e aumento de pelos, entre outros sintomas. A doença é incurável, mas se bem tratada, não interfere ao longo da vida do animal.

Torção gástrica, tumores de pele e entrópio (má formação na pálpebras) são alguns dos problemas que o cachorro da raça pode ter ao longo da vida, por isso é importante que, caso pretenda adotar um animal da raça, seja feito o acompanhamento veterinário desde filhote.

Em alguns países costumam amputar parte da cauda do weimaraner, prática proibida no Brasil e que não traz qualquer benefício ao animal. O tempo estimado de vida da raça é de 12 anos, em média.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários