Tamanho do texto

Geralmente a mãe dos filhotes se encarrega de todos os cuidados, mas cabe aos donos ajudarem a nada sair do rumo natural

Quem tem fêmeas não castradas em casa sabe que corre o risco dela engravidar algum momento na vida e, caso já tenha acontecido, parabéns, sua cadelinha dará à luz a lindos filhotes de cachorro. Saiba que as suas responsabilidades irão aumentar a partir de agora, pois os bebês precisarão de sua ajuda para crescerem fortes e saudáveis.

Saiba quais itens básicos você precisa ter antes de levar um cachorro para casa

Por sorte, boa parte dos cuidados a mãe dos filhotes dará conta sozinha. A sua função será garantir que nada saia do rumo natural, e se sair, esteja pronto para intervir e ajudar. No entanto, pode não ser tão simples assim cuidar de filhotes de cachorro.  É importante se informar antes para estar preparado. Por isso, iremos te ajudar nesta tarefa com algumas dicas. 

É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável
reprodução shutterstock
É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável


Retirando o filhote da barriga

Este item é importante para o caso dos filhotes nascerem em casa e sem a ajuda de um profissional. Primeiramente, você precisa saber extrair os cães dos invólucros fetais para não inalarem o líquido e morrem asfixiado. Depois fazer isto, limpe a boca e as narinas da mucosidade que possa ter entrado. A opção mais simples é segurar o cãozinho pelas patas traseiras. Se ele não começar a respirar com este método, sopre com força no nariz. E, se ainda não tiver dado certo, mergulhe rapidamente a cabeça dele em água fria. 

Caso tudo ocorrer bem e o filhote começar a respirar, seque-o com uma toalha macia. Depois a mãe se encarregará instintivamente de cuidar dele, direcionando-o para receber a primeira amamentação. 

Atenção ao ambiente

Como qualquer recém-nascido, o mundo externo é estranho e frio, bem diferente do ambiente quentinho e seguro da barriga da mãe. Por esta razão, você deverá proporcionar um local parecido com a barriga para o filhote se sentir acolhido. Muitos filhotes não sobrevivem por não conseguirem se aquecer após o parto. 

Como ensinar o cachorro a atender pelo próprio nome

Nas três primeiras semanas de vida, o cãozinho é muito frágil e nem consegue regular a temperatura corporal sozinho. Geralmente a mãe se encarrega de mantê-los aquecidos, então prepare uma área especial para a mãe e os filhotes, de preferência confortável, quente e reservado. Forre o local com um colchonete, almofadas e mantas grossas. Não se esqueça de sempre manter tudo limpo para manter a saúde dos bebês.  

Entretanto, se não for possível que a mãe aqueça a ninhada, você deverá criar artificialmente este ambiente. Faça um "ninho" com uma caixa de papelão, forre-a com jornais, cubra-a com uma toalha limpa e encha de mantas. Cuide para que a temperatura do local esteja sempre estável, entre 20ºC e 22ºC. Deixe também uma caminha para os bebês num lugar limpo e tranquilo. 

É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável
reprodução shutterstock
É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável


Observe-os regularmente

É importante ficar atento nos primeiros meses de vida, pois é o período que são mais frágeis. Observe se eles respiram direito, se movimenta-se normalmente, se a progenitora está os amamentando corretamente, entre outros.

Preste também atenção em possíveis sinais de doença, como diarreia e vômitos, e comunique rapidamente um veterinário caso tenha algo errado. Além disso, evite separá-los da mãe no início, pois esta relação é importante para o bem-estar físico e psicológico de cada filhote. 

Confira hábitos importantes para o dia a dia dos filhotes de cachorro

Amamentação

A amamentação é a parte mais importante na vida de qualquer mamífero. Os filhotes de cachorro precisam do leite da mãe para receberem o colostro, indispensável para o desenvolvimento. É ele que dará imonoglobulinas, gordura, carboidratos, água e proteínas. É imprescindível que os cãezinhos amamentem o mais rápido possível. 

Caso eles não tenham acesso a esse leite, seja porque a mãe tem problemas na lactação, rejeitou a cria ou morreu no parto, você terá que alimentá-los com um mamadeira. Existem um leite específico para cães recém-nascidos que é vendido em pet shop, mas a melhor opção é consultra um veterinário antes de comprar. 

Durante a primeira semana, são necessárias oito refeições diárias a cada duas ou três horas. À medida que vão crescendo, o intervalo vai aumentando. Na semana seguinte, passa-se para sete reduzindo até chegar a três ou quatro refeições diárias na época do desmame. Com um mês já podem comer alimentos moles e depois sólidos. Durante todas essas etapas, verifique regularmente se os filhotes estão aumentando o peso, pois os que não ganham massa podem não sobreviver. 

É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável
reprodução shutterstock
É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável


Necessidades fisiológicas

Diferente de nós humanos que urinamos e defecamos naturalmente, os filhotes de cães precisam ser estimulados. A mãe faz isso lambendo a região genital e perianal. Mas, caso isto não ocorra, o cão acabará eliminando os resíduos sozinho, mas não é o recomendado. A falta de estímulos causará dor, estresse, cólicas e outras complicações de saúde.  

Para evitar este problema, caberá a você ajudar o bebê neste precesso. Utilize um algodão umedecido para simular as lambidas da mãe. É uma medida simples, mas que exige dedicação, pois deverá ser realizada pelo menos 10 vezes ao dia durante as primeiras semanas de vida. Faça um revezamento entre os moradores da casa para ajudar o pequeno filhote. 

Socialização

A socialização é uma parte necessária e indispensável na vida de qualquer cachorro, ainda mais quando filhote. Ela irá garantir que o animal cresça saudável, feliz e apto para interagir com você, outros cães e o mundo exterior. Por isso, logo que a ninhada nascer, mantenha os bebês todos juntos e com a mãe. Isto irá ensiná-los a se relacionar, adquirir comportamentos próprios da espécie e futuramente desenvolver confiança emocional para viverem sozinhos. 

Fique atento caso algum dos filhotes se isole do grupo e aproxime-o. Entretanto, não force demais, pois cada um tem sua personalidade e caráter. 

É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável
reprodução shutterstock
É preciso ficar atento aos cuidados com filhotes de cachorro para crescerem forte e saudável


Visita ao veterinário

Não deixe de visitar o veterinário para ficar de olho na saúde dos filhotes e começar a desparasitação e vacinação. A partir da segunda semana já deve ficar atento a isso. Confirme com um profissional de confiança as datas, mas geralmente a desparasitação começa com duas semanas de vida. Já as vacinas costumam ser dadas na sexta ou sétima semanas, próximo da época do desmame. 

Cachorro macho ou fêmea? Saiba qual é o melhor para você

Além disso, a visita ao veterinário também é importante para a implantação de chip - caso seja a opção dos donos - para serem achados caso se percam e realização de castração. Evite sair com os filhotes de cachorro antes de completarem três meses de vida, pois o risco de contraírem doenças é bem grande. Preze pela saúde dos bebês antes de mostrá-los ao mundo.