Tamanho do texto

A polêmica sobre maus tratos está deixando muitas pessoas revoltadas e sem vontade de assistir ao longa

O filme "Quatro vidas e um cachorro" (A dog's purpose), dirigido por Lasse Hallström e estrelado por Britt Robertson e Dennis Quaid, tem sido boicotado por uma ONG por ser acusado de maus tratos aos animais, durante as gravações. O longa, que estreia em 26 de janeiro no Brasil, deixou vazar um vídeo do set em que um cão da raça pastor alemão é obrigado a entrar em uma piscina com correnteza apesar de parecer bastante amedrontado.

Leia mais:  Como agir em relação ao câncer de mama em cadelas

A ONG PETA , People for the Ethical Treatment of Animals, iniciou o boicote, à medida que seu objetivo é a luta pelo tratamento digno e éticodos animais. "A Peta está convocando os que amam cães a boicotar o filme para enviar a mensagem de que cães e outros animais devem ser tratados com humanidade e não como adereços de filmes", declarou a organização, totalmente contra os maus tratos aos animais.

Filme  é boicotado por maus tratos aos animais.
Reprodução/ O Globo
Filme é boicotado por maus tratos aos animais.






O vídeo foi gravado às escondidas por um membro da equipe, em novembro de 2015 e depois divulgado pela TMZ. Na cena, o cachorro teria o papel de salvar uma criança de um afogamento em um rio. Apesar disso, Hercules, assustado, tenta fugir de todo jeito da água, mas o treinador o obriga a entrar na piscina e por um momento o cão chega a ficar totalmente submerso. A equipe se apavora e interrompe a gravação para tentar tirá-lo da água. 

Leia também:  Os 4 cães e o gato dessa família estão fascinados com o irmão recém-nascido

Os estúdios Amblin Partners e Universal Pictures, responsáveis pela produção do longa, tentaram justificar o vídeo por meio de um comunicado: “Promover um ambiente seguro e garantir o tratamento ético de nossos animais atores foi de extrema importância para aqueles envolvidos na realização deste filme, e vamos analisar as circunstâncias em torno deste vídeo”.  Segundo o Hollywood Reporter, os cães foram comprados de uma empresa chamada Birds & Animals Unlimited, corporação que responde por muitos processos de maus tratos aos animais. E mais uma vez vemos que ONGs como PETA são muito importantes para garantir o direito dos animais de serem tratados dignamente. 




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.