O Dia do Amigo é comemorado hoje (20) e, principalmente durante a pandemia causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e com o isolamento social, os pets que já eram super companheiros se tornaram ainda mais presentes na vida de seus donos .

Para comprovar que os animais são realmentes os melhores amigos do homem, a médica veterinária Caroline Mouco, do Hospital Vet Popular, conta a história de Astolfa, uma gatinha que chegou por lá há quase 10 anos e nunca mais quis ir embora. 

“Ela chegou na clínica miando bastante, não saia de lá por nada, meio que adotou a gente”, diz Carol. “E assim que a gente deixou ela entrar, se familiarizar com o ambiente, ela já se acalmou.” E, foi assim que a felina começou a fazer parte do dia a dia do agora Hospital Vet Popular. 

Astolfa
Reprodução
Astolfa

A veterinária conta que já tentou levar Astolfa para casa, mas a gata insiste em ficar no hospital, junto com Carol, outros veterinários e animais que passam por lá. “Quando era mais nova ela estranhava muito os bichos de lá, mas agora é uma senhorinha e foge de briga”, diz. 

Uma vez até conseguiram doar Astolfa, mas assim que o dono saiu com ela, os veterinários correram atrás, arrependidos, pedindo para que ela voltasse. “Ela é nosso mascote da sorte, traz uma energia boa para o hospital”, conta. Para finalizar, Caroline explica que Astolfa é muito carismática, e faz com que, muitas vezes, todos esqueçam que estão dentro de um hospital.


    Veja Também

      Mostrar mais