A família do veterinário Eduardo Paiva está passando por um momento muito difícil durante a quarentena, causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Moradores de Santos, no litoral paulista, ele, a esposa e a filha tinham adotado uma cabrita que nasceu no sítio deles, em Bragança Paulista, mas durante o isolamento social a pet sumiu.

cabrita
Instagram/ bebel.cabrita
Bebel é uma cabra domesticada


Bebel, como a cabrita é chamada, morava com a família de Eduardo em um apartamento em Santos. Ela era domesticada, e fazia parte da rotina dos humanos, assim como um cão ou gato. A pet estava acostumada a ir e vir do sítio com seus donos, mas por causa do isolamento, Eduardo decidiu que era melhor que ela ficasse no sítio, para ter mais espaço e tranquilidade, pelo menos durante esse tempo. 

O sumiço do animal foi noticiado pelo veterinário no dia 17 de maio. Desde então ele faz postagens em redes sociais pedindo ajuda, procurando pela cabrita. Agora, ele e a família estão oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil para quem encontrar Bebel. 

Leia também: Cadela derruba bolo de aniversário de dona durante chamada de vídeo

A pet tem quase 8 mil seguidores no Instagram, e todos os dias seus donos postam fotos suas, divulgando o dia a dia da cabrita, e agora, pedindo para que procurem por ela. Quem está mais triste com tudo isso é a filha de Eduardo, Julia, de apenas 8 anos. 

    Veja Também

      Mostrar mais