Um gato foi o primeiro pet a testar positivo para o novo coronavírus (Sars-CoV-2) na França. O caso foi confirmado no último sábado (2) pela Escola de Medicina Veterinária de Alfort. O bichano é o quinto caso registrado de felino com o vírus, outros foram na Bélgica, Hong Kong e Nova York. 

Rosto de gato cinza olhando para cima em fundo preto
crédito: pixabay
Gato é primeiro felino na França a testar positivo para novo coronavírus

O gato havia testado negativo para a amostra retal, mas testou positivo para a nasofaríngea. Mesmo com o caso confimado, a Escola de Medicina Veterinária de Alfort afirmou que não há evidências de que os animais desempenhem um papel epidemiológico na disseminação do vírus.

Leia mais: Gato testa positivo para Covid-19 na Bélgica

Ao que tudo indica, todos os animais foram infectados pelos donos. Em entrevista ao Le Parisien, mesmo que não hajam muitos casos confirmados, especialistas aconselharam os tutores a limitar o contato com os pets para protegê-los melhor durante a pandemia.


    Veja Também

      Mostrar mais