O cachorro de estimação de uma mulher infectada pelo novo coronavírus também testou positivo para a doença em Hong Kong. Agora, o lulu da pomerânia ficará em quarentena por 14 dias em uma instalação do governo, lá ele continuará sendo monitorado e testado para o vírus Sars-Cov-2. 

cachorro arrow-options
Reprodução
O cachorro da raça lulu da pomerânia foi testado positivo para o novo coronavírus

O Departamento de Agricultura, Pesca e Conservação de Hong Kong informou que, mesmo com a possível confirmação - o resultado positivo pode ser causado por uma contaminação ambiental da boca e nariz do cão - ainda não há evidências de que animais de estimação podem ter a doença Covid-19.

Se confirmado, esse deve ser o primeiro caso de um pet infectado por esse tipo específico do coronavírus (SARS) - os já conhecidos que atingem cães e gatos são o CCoV, o FECV e o FIPV

No Brasil, há apenas um caso confirmado da doença no estado de São Paulo. De acordo com o Ministério da Saúde, outros 132 casos são suspeitos e estão sendo monitorados. 

    Veja Também

      Mostrar mais