Ruby foi adotada por Shauna Darcy para ser um cão de serviço. A cadela, que é da raça pitbull , desde cedo criou um laço muito especial com a norte-americana, sempre tentando chamar sua atenção e receber carinho, mesmo durante seu treinamento para ajudar a tutora. 

Leia também: Gata adota filhotes de cães e os cria como se fossem dela

Shauna sofre de uma doença chamada Síndrome de Ehlers-Danlos, o que prejudica seu coração, e por isso precisa de um pet que esteja sempre ao seu lado ajudando em tarefas simples e carregando medicamentos. Shauna também anda com um monitos de pressão e batimentos cardíacos o tempo todo.

Pitbull e sua tutora no hospital
Instagram/ incredibullruby/
Pitbull e sua tutora no hospital


Até que na semana passada, mesmo se sentindo bem, a norte-americana percebeu que Ruby estava agindo de forma estranha, chorando e tentando lamber e pular em Shauna o tempo todo. "Eu estava bem mas resolvi confiar em Ruby e chamei uma ambulância", contou ao The Dodo. Quando o carro chegou, Shauna já estava com muita dor e praticamente inconsciente. Ela foi levada ao hospital com sua pitbull fiel, e ficou internada alguns dias. "Meu coração estava quase parando", completa.

Foi nesse momento em que Ruby salvou a vida de sua tutora, que provavelmente não teria resistido se não fosse a pet tentando avisar que algo errado ia acontecer. Mesmo assim a pitbull se recusou a sair do quarto de hospital até que Shauna também tivesse alta e fosse junto com ela, deitando até na maca junto de sua tutora. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários