Tamanho do texto

Buddy foi resgatado e passou por diversas cirurgias; ele está se recuperando mas o dano feito em suas patas é irreparável

Apesar de sua história triste e chocante, o dachshund Buddy parece continuar um cão que ama humanos, mesmo que seus ex-tutores não tenham demonstrado isso a ele. O cachorro foi encontrado na chuva, fora de um trailer na Louisiana, nos Estados Unidos. O pior de tudo foi que suas pernas traseiras tinham sido amputadas de forma cruel e não profissional. 

Leia também: Professor abre casa de repouso para cães idosos abandonados

Buddy sorrindo arrow-options
Facebook/ Gina Polk
Buddy sorrindo


Quando foram encontrados pela polícia, os tutores de Buddy explicaram a situação. O pet havia sido baleado em fevereiro, e mesmot endo reportado o incidente à polícia, as duas mulheres que cuidavam do pet não obtiveram cuidado veterinário para o animal, o que fez com que ele não conseguisse utilizar suas patas traseiras. 

Segundo a polícia, as mulheres disseram que "as patas dele caíram após terem sito enfaixadas muito apertadas", o que depois veio a ser desmentido por um veterinário, que avaliando o cão constatou que elas tinham sido cortadas de forma errada por pessoas sem conhecimento nenhum da medicina veterinária

Dachshund Buddy se recuperando arrow-options
Facebook/ Gina Polk
Dachshund Buddy se recuperando


Agora Gina Polk, uma das voluntárias que salvou Buddy, levantou uma campanha de financiamento coletivo para arcar com as despedas e salvar o animal , que já foi atendido e passou por cirurgias.