Tamanho do texto

Kathryn Gilbreath decidiu pensar como seu cachorro e escreveu um texto sobre tudo que aconteceu no dia dele

Saber o que o cachorro fez o dia inteiro ou ter certeza do que ele está pensando é o desejo de muitos donos. Imaginando como seria se o seu pet Moonie tivesse um diário, Kathryn Gilbreath escreveu um texto como se fosse ele e publicou em um grupo no Facebook. 

Leia também: Internado com câncer, homem se emociona ao reencontrar cachorro

O texto de diário de cachorro bem humorado obteve mais de 8 mil curtidas e quase 400 compartilhamentos. Confira na íntegra: 

cachorro na janela arrow-options
Reprodução Facebook
Moonie, dona do diário de cachorro, esperando o dono na janela

"Querido diário, 

Gostaria de te contar como foi o meu dia. Papai saiu há 8 horas. Parece que foi há um século, em anos humanos. Eu sentei, eu esperei, eu vi pela janela, eu lati. E eu lati mais um pouco. Eu penso no meu pai frequentemente. Será que ele nunca vai voltar para casa e fazer carinho na minha barriga? Será que ele ainda acha que eu sou uma boa garota? Como será que ele consegue terminar o almoço sem a minha ajuda?

Mais cedo eu achei que meu pai estivesse em casa. Dei um uivado glorioso com toda a força dos meus pulmões. Chamei minhas irmãs e elas se juntaram a mim. Quando vimos que era o carteiro, nossa armonia se tornou uma canção de guerra. Nós rosnamos, arranhamos e gritamos. Ele deixou algumas caixas e saiu correndo. Mamãe diz que ele está apenas trazendo biscoitos para nós, mas não seremos bonzinhos. 

Quando mamãe voltou para casa, eu lavei o rosto dela com a minha língua. Eliza fez uma limpeza dento do nariz da mamãe também usando a língua. Quando a mamãe deixou cair um biscoito, todas nós nos oferecemos para ajudar. E então fertilizamos o gramado para ela. Nós também demos dicas de moda hoje. Tootsie comeu um par bem feio de chinelos que a mamãe tinha. Como a mãmae sobreviveu antes da gente? Quem a acompanhava no banheiro enquanto ela fazia cocô?

Isso é tudo que eu tenho para você agora, diário. Eu preciso ir, tenho coisas importantes para fazer. A bunda de Esme está na posição perfeita para eu dar uma cheirada. Jasmine não se moveu, então eu preciso rosnar para ela. Se eu não começar a latir pela janela novamente, meu pai pode nunca mais voltar para casa. 

Com amor,
Moonie. 

Obs: Se você fosse um diário de papel, eu te comeria."