Tamanho do texto

O cachorro apresentava o estado mais crítico que os funcionários do abrigo Nebraska Humane Society já tinham visto

Quando chegou ao Nebraska Humane Society, Ellie Mae estava irreconhecível. O cachorro tinha mais de 9 Kg de pelos emaranhados que praticamente impossibilitavam que alguém reconhecesse de qual animal se tratava. Além disso, unhas gigantes impediam que ele andasse. 

Leia também: Conheça Merdinha, a cadela que nasceu sem ânus e vive feliz

imagens mostram a quantidade de pelo emaranhado e as unhas grandes arrow-options
Reprodução Facebook/ Nebraska Humane Society
O cachorro Ellie Mae estava em péssimo estado

Uma publicação feita no Facebook oficial do abrigo, localizado em Omaha, cidade dos Estados Unidos, afirma que o estado do cachorro era o pior que os funcionários já tinham visto. Por sorte ele recebeu todos os cuidados necessários e sofreu uma grande transformação. O antes e depois é impressionante, veja.

antes e depois do cachorro arrow-options
Reprodução Facebook/ Nebraska Humane Society
O antes e depois do cachorro é impressionante

Para o time médico do abrigo entrar em ação, Ellie precisou ser sedada. O pelo sujo e embolado foi cortado com tesoura e os profissionais não tinham ideia do que encontrariam por baixo. A maior preocupação era que a quantidade de pelos tivesse interferido na corrente sanguínea e algum membro precisasse ser amputado. 

cachorro com pelo retirado arrow-options
Reprodução Facebook/ Nebraska Humane Society
Por sorte a quantidade de pelos não influenciou na corrente sanguínea do cachorro

 Leia também: Pitbull não consegue ficar longe de menina que o adotou

Quando a tosa terminou, foi constatado que nenhuma atitude muito drástica precisava ser tomada. Uma pata estava infeccionada e uma cirurgia de hérnia era necessária, além de cuidados dentais e antibiótico para evitar novas infecções. 

Após receber todos os cuidados, Ellie Mae pôde voltar a viver normalmente e sem sofrimento. O cachorro brinca normalmente e adora ficar deitado na sua nova cama com cobertores quentinhos.