Tamanho do texto

Mural de assinatura que doa tapete higiênico para abrigos e aconselhamento são algumas ações que acontecem na Pet Experience

Os últimos dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde revelam que só no Brasil existem mais de 30 milhões de animais abandonados. Nessa realidade, as ONGs que resgatam ficam superlotadas e é preciso que aconteça a adoção para que outros animais sejam ajudados. 

Leia também: Gato desaparecido há 11 anos reencontra sua família

O grande problema é que hoje muitas pessoas ainda optam pela compra do animal de estimação em vez da adoção . Na tentativa de mudar essa realidade algumas ações estão sendo feitas na Pet Experience , feira que acontece em São Paulo nesta sexta-feira (30), no sábado (31) e no domingo (1). 

No stand da Super Secão há um painel, onde a cada assinatura de um visitante da feira será doado um tapete higiênico para a ONG Associação Paulista de Auxílio aos Animais (Apaa). "É uma forma de conscientizar, apoiar a causa e incentivas as pessoas a adotarem e não comprar. Sempre buscamos pela consciência social", conta Renata Valverdes, representante da marca. 

painel de assinaturas arrow-options
Jade Lourenção/ Portal IG
Painel de assinaturas; a cada assinatura um tapete higiênico é doado para ONG

A ONG Apaa também aproveitou o espaço para levar cachorros resgatados. Para adotá-los é preciso levar CPF, RG, comprovante de residência e pagar uma taxa de R$ 100,00. Todos eles já estão castrados, vermifugados e vacinados. Além disso, no momento da adoção o novo tutor ganha um kit com ração e um pacote de tapete higiênico. 

Já no stand da ONG Adote um Gatinho há uma sala para brincar com os gatos que procuram um lar. Também é possível conhecer um pouco mais sobre eles, os cuidados necessários, tipos de ração, de ambiente e receber conselhos de especialistas. 

espaço para brincar com gatos arrow-options
Jade Lourenção/ Portal IG
Espaço da Adote um Gatinho para brincar com os gatos

Leia também: Defeito de nascença faz cachorro parecer que está sempre sorrindo

No caso dos gatos o processo de adoção é mais complexo. "O adotante entra no site, escolhe o gatinho que deseja, preenche uma ficha que vai ser avaliada e se estiver tudo certo um voluntário visita a casa dele. É preciso fazer a vistoria para ver se as janelas são teladas, se não tem rota de fuga e ter certeza que o animal estará seguro", conta Thais Satii, voluntária da ONG. 

A expectativa é que muitos animais de estimação sejam adotados, já que o fluxo de pessoas durante os três dias da feira pet deve ser grande.