Tamanho do texto

O veterinário que atendeu o golden retriever não deixou que ele fosse sacrificado, entrou em contato com um abrigo e acabou salvando a vida dele

O golden retriver Kai quase perdeu a vida quando seu dono decidiu levá-lo para eutanásia por ele estar gordo demais. Por sorte, o veterinário que atendeu o caso não permitiu que o cão fosse sacrificado e entrou em contato com o abrigo Misfits of Alberta Animal Rescue, em Alberta, Canadá, para encaminhá-lo a um lugar seguro. 

Já no abrigo, Kai conheceu Pam Heggie, quem se tornaria sua dona e mudaria totalmente sua vida. Com 78 Kg, cerca de 44 Kg a mais do que o normal para um golden retriever adulto, o cachorro começou a ser estimulado a se exercitar em sua nova casa e depois de um ano já havia emagrecido 33 Kg, se tornando um animal saudável. 

Leia também: 72 cães de raça são resgatados de maus-tratos em rede de pet shops de Curitiba

antes e depois de cachorro arrow-options
Reprodução Facebook
Antes e depois de Kai

No início Pam não sabia muito que o fazer, mas, ao contrário do antigo dono, estava determinada a ajudar Kai. Mesmo com o aviso que recebeu do veterinário - "É o cachorro mais gordo que ele já tinha visto e que nada que eu fizesse iria ajudar ele" - a mulher não desistiu. 

cachorro gordo subindo a escada arrow-options
Reprodução Facebook
Kai demorou 20 minutos para subir as escadas quando chegou

Pam começou a levar Kai para caminhadas pela vizinhança três vezes por dia. "Ele dava 5, 10 passos e deitava ofegante", contou Pam ao Good Morning America. Aos poucos, progressos foram sendo feitos. "Primeiro nós fomos até a porta do vizinho mais próximo, depois até a outra porta, e a outra", disse ela. 

Além das caminhadas, terapias na água e uma dieta muito bem balanceada fizeram com que Kai conseguisse ter uma vida mais normal: subir na cama, entrar no carro sozinho, descer as escadas e até correr com outros pets no parque. 

Leia também: Homem é preso após se mudar e deixar seis cães na casa antiga

cachorro fazendo terapia na água arrow-options
Reprodução Facebook
Kai fez terapia na água para emagrecer

"É como criar seus filhos, você olha e eles cresceram, e você fica pensando como isso aconteceu. Eu olho para o Kai e esqueço como ele estava mal. Agora ele é um cachorro normal, fazendo coisas normais de cachorro. Ele me encanta todos os dias", se derrete Pam.