Tamanho do texto

Segundo a tutora, Nanette Marks, os cães dessa raça sabem fazer uma coisa muito bem: roubar comida

Cães ficam atrás de seus donos quando querem algo que eles estão comendo. A diferença é que para cachorros de porte pequeno, roubar comida não é tão simples quanto para um cão grande, como um Lebrél Irlandês . E, por isso, Nanette Marks fez um desabafo enumerando “motivos” para não ter um exemplar dessa raça.

Leia também: Cãozinho desaparecido em acidente finalmente encontra sua família

Os cães de Nanette Marks ocupando o sofá arrow-options
Facebook/ Nanette Marks
Os cães de Nanette Marks ocupando o sofá


Em sua publicação, a mulher, que mora nos Estados Unidos, escreveu: “Razão para não ter um Lebrél Irlandês. Você gosta de deixar petiscos para seus convidados na mesinha de centro da sala? Ou as vezes precisa sair da cozinha enquanto prepara uma refeição? Bom, estes cães são aptos a roubarem um peru inteiro de cima da mesa quando ninguém está olhando. Eles podem alcançar o topo de qualquer bancada, até o da geladeira!”

E, mesmo assim, Nanette não deixaria Reagan, sua cadela , por nada no mundo. A tutora tem centenas de fotos da pet em seu Facebook, e não é porque ela gosta de roubar comida que é um animal ruim. “Tirei essa foto de Reagan enquanto ela tentava abrir o micro-ondas para roubar biscoitos. Ela também abriu o forno e roubou as costelas que estavam lá”, finaliza.

Lébrel irlandês de Nanette Marks tentando abrir o microondas arrow-options
Facebook/ Nanette Marks
Lébrel irlandês de Nanette Marks tentando abrir o micro-ondas


Leia também: Expressão de cadela idosa ao voltar de cirurgia viraliza

A postagem não passou de uma brincadeira para alertar os donos de grandes cães sobre as habilidades dos pets de roubarem comida.