Tamanho do texto

Um estudo feito com 200 pessoas revelou que a presença dos pets é benéfica não só para os pacientes mas também para acompanhantes e funcionários

Um estudo inédito no Southampton Children’s Hospital, no Reino Unido, mostrou que terapia assistida por animais , principalmente cães, tem resultados muito positivos em crianças ansiosas para procedimentos ambulatoriais e exames. Inclusive os jovens que tinham medo de cães disseram que hoje em dia se sentem menos nervosos perto deles desde quando as visitas dos peludos no hospital começaram.

Leia também: Cão de guarda recebe 'suborno' de urso que gosta de comer lixo

cachorro com criança
shutterstock
Estudo revelou que terapia assistida por animais ajuda crianças ansiosas em hospitais


A pesquisa publicada no British Journal of Nursing conta que três adestradores e cinco Golden Retrievers são utilizados nas visitas para acalmar as crianças. Os cachorros ficavam juntos dos enfermeiros, e distraiam os pequenos durante exames de sangue, radiografias e outros procedimentos considerados “assustadores”.

Durante um ano, cerca de 200 pessoas foram entrevistadas sobre a presença dos animais, dentre elas pacientes, visitantes e funcionários. Todos disseram não ter preocupações sobre a presença, comportamento ou limpeza dos pets, e todas concordaram que hospitais por todo o Reino Unido deveriam utilizar os cães para acalmar pacientes.

Leia também: Dicas do que fazer para ajudar o cachorro durante o processo de luto

Agora, além de ajudarem na ansiedade pré-exames, os cachorros também aliviam os níveis de estresse de crianças que esperam por cirurgia. Lyndsey Uglow, uma das adestradoras dos cães terapêuticos, fala sobre a importância desses animais no meio da saúde. “Claro que a visita dos cachorros não é para todos os pacientes, mas onde ela é apropriada nós percebemos grandes melhoras, tanto do doente quanto dos funcionários que o atendem”, contou ao site Metro.