Tamanho do texto

Para imitar o site "Lattes", que reúne informações de diversos profissionais, a conta chamada de "Plataforma Lates" disponibiliza cães para adoção

Muitos profissionais de diversas áreas utilizam a plataforma "Lattes" para disponibilizarem seus currículos. Pensando nisso, Gabriela Garrido, de 22 anos, criou um Instagram com o mesmo propósito, só que para cães para adoção . A conta na rede social foi intitulada "Plataforma Lates" e fala sobre as características de cada animal que pode ser "contratado" por seu novo dono.

A plataforma ajuda cães para adoção a acharem um lar
Instagram/Plataforma Lates
A plataforma ajuda cães para adoção a acharem um lar


Os  cães para adoção no perfil do Instagram estão em Sorocaba, interior de São Paulo. Em entrevista ao G1, Gabriela conta que a ideia surgiu recentemente, já que ela havia se formado na faculdade e estava na fase de enviar currículos. E por que não fazer isso com os bichinhos também?

Visualizar esta foto no Instagram.

[ADOTADA] Fala mana, como vai? Meu nome é Xereta e eu quero ser presidente do mundo. Mas antes eu quero ter uma família, depois posso ser presidente do mundo. Meu maior defeito, eu não vou mentir, eu sou um pouco cabeça quente. Eu acordo num belo dia e penso: eu não vou me estressar hoje com ninguém. Mas aí 10 minutos depois eu já to tipo “MAS EU SÓ ACHO ENGRAÇADO QUE....”, e aí já viu, né, to lá na discussão. Só que não é com todo mundo, só alguns cachorros que me tiram a paciência. . Menos a Pink, ela é minha melhor amiga. Na verdade a Pink também me estressa às vezes, tem vez que ela tira o dia pra dizer que vai voltar com o ex embuste dela. Aí não dá pra manter a compostura, taokei? . Eu sou uma dog companheira, protetora e adoro que minhas humanas tenham sempre minha companhia e saibam o quanto são amadas e não precisam de ninguém para serem felizes (só de doguinhos mesmo, rs). E bem, se elas tiverem algum companheiro a gente pode tentar uma adaptação, né? Vai que ele é super legal. Mas já vou avisando eu gosto muito do meu espaço e que meu passado é bem triste, não gosto nem de lembrar, então me desculpa se às vezes eu tiver uns flashbacks. Mas se a humana tiver uma companheira, então seremos As Meninas Super Poderosas!!! . E olha, eu espero que não tenha me entendido mal, eu sou grossa mas eu sou fofinha, tá? Vou até deixar uma foto minha com a minha dona Rosana (que agora está doente mas eu sei que ela quer o melhor para todos nós) pra provar. . Um abraço apertado e fico esperando seu retorno pra gente poder se unir e combater as forças do mal! #XeretaPresidente

Uma publicação compartilhada por Plataforma Lates (@plataformalates) em

Gabriela conta que além de estar passando pela mesma situação dos cachorros, sua tia foi a grande inspiração para a idealização do projeto. Rosana Garrido resgatava animais de rua, chegou em um número grande e acabou se mudando para uma chácara em Sorocaba para comportar todos eles. Mas depois veio a notícia triste: Rosana foi diagnosticada com câncer de mama já em metástase. 

Leia também: Saiba como eliminar pulgas dos animais de estimação e da casa

Como a tia não conseguia mais cuidar dos animais sozinha, a mãe de Gabriela se mudou para Sorocaba para ajudar a irmã. Como eram muitos bichos, a família também criou uma vaquinha online para cuidar deles e construir um canil para que eles ficassem bem abrigados enquanto não fosse encontrado um novo lar. 

Gabriela explica como cria os "currículos". "Faço as montagens e escrevo a história de cada um. A parte do histórico do animal vem junto com ele, se foi jogado em avenida movimentada, castrado, vacinado, etc. Acho importante ressaltar, pois a Xereta, por exemplo, sofria maus-tratos e hoje não aceita muito bem a presença de homens, tem medo e se sente ameaçada."

Visualizar esta foto no Instagram.

Oi! Eu sou a Pitucha, pros íntimos Pitu ou Piton (já explico esse apelido). Eu fui a primeira a ser adotada e nem tive meu currículo publicado, mas poxa, eu quero meus minutinhos de fama também, sabe? Então é o seguinte, eu vou fazer minha entrevista de emprego aqui e vocês fingem que acreditam que eu preciso da vaga, tá bom? (No final vocês comentam que querem muito me contratar rsrs). Bem, eu mereço muito essa vaga porque eu vou te esquentar em noites frias. E não, não vou subir na sua cama e ficar de conchinha com você só pra roubar seu calor. Eu juro que é pra te esquentar. Minha maior quaulidade é levantar as duas patinhas e implorar por carinho, comida, atenção. Eu não sei como, mas isso dá certo todas as vezes. A Gab sempre diz que seria capaz de dar todo o prato de comida dela quando eu faço isso. Não sei porque... mas dá certo. Eu também sei passar por buracos estreitos. É daí meu apelido Piton 🐍, porque eu me encolho e fico parecendo uma cobra pra passar pelas grades do portão pra sair dar um rolê. Eu fiz isso no meu segundo dia na vaga que o @danilogira me contratou (a vaga que vocês vão fingir que não sabem que eu tenho). Ele nem ficou desesperado hehehe desculpa por isso. Mas eu nunca mais vou fazer isso, eu prometo! Agora espero ele pra gente sair correr e brincar no parquinho juntos. Pessoau, agora tá na hora do meu almoço e o @danilogira chegou pra gente tirar uma soneca juntos. Obrigada por me darem essa oportunidade de fazer minha entrevista de emprego e analisarem meu currículo. Mas se eu to onde eu to é porque eu MERECI! hehehehe brincadeirinha, só um meme pra dar uma risadinha. Até a próxima, gente, adorei conhecer vocês! Fiquem ligados nos stories do Plataforma Lates, eu sempre vou aparecer lá pra dar um oizinho.... Agora deslizem pro lado e vejam meus vídeos! Beiju XAU!

Uma publicação compartilhada por Plataforma Lates (@plataformalates) em

Leia também: Labrador é treinado para ajudar sua dona a lavar roupa

No final, existe a parte de "cursos", onde Gabi inventa algumas coisas para o leitor achar divertido e rir. Para ela é muito gostoso promover essa ação, e quando o cão é adotado, ele recebe o selo de "contratado". Afinal, quem não quer dar uma chance desses  cães para adoção encontrarem um novo lar?