Tamanho do texto

A posição da cauda, das orelhas e até a forma dos olhos podem indicar muito sobre o estado de humor dos gatos

Os gatos são animais tímidos e não costumam demonstrar tantos sentimentos quanto os cachorros, mas isso não significa que eles não se comunicam. Pelo contrário, o dono que sabe interpretar a linguagem corporal dos gatos consegue compreender, muitas vezes, o estado de humor do bichano ou o que ele está querendo dizer. 

Leia também:  Como fazer enriquecimento ambiental e deixar a casa perfeita para gatos

A linguagem corporal dos gatos serve para eles se comunicarem com seus donos
shutterstock
A linguagem corporal dos gatos serve para eles se comunicarem com seus donos

Analisar a posição da cauda, das orelhas, o movimento do corpo, o formato dos olhos e os sons emitidos pelo animal são as peças-chave para entender a linguagem corporal dos gatos . Essa compreensão pode ajudar não só na melhora do relacionamento entre o bichano e o dono, mas também no diagnóstico precoce de problemas de saúde quando uma diferença, mesmo que sutil, no comportamento, é notada, por exemplo. 

Para te ajudar na missão de entender os sinais que o seu gato te dá, o Canal do Pet separou algumas dicas. Dá uma olhada!

Posição da cauda e do corpo

A posição da cauda faz parte da linguagem corporal dos gatos
shutterstock / montagem
A posição da cauda faz parte da linguagem corporal dos gatos

A posição e o movimento da cauda do gato diz muito sobre como o animal está se sentindo. O rabo em pé significa que ele está feliz e, ainda mais, se tiver em pé e um pouco curvado, pode abusar dos carinhos porque o bichano está muito amigável. 

O rabo em altura média, com a ponta curvada para cima significa que o gato está interessado em alguma coisa. Com toda a extensão reta em combinação com as patas de trás baixas, significa ansiedade. Com as patas dianteiras também dobradas, significa que ele está caçando. 

Quando o rabo está para baixo e com os pelos eriçados, o gato está com medo. Nessa mesma posição, mas sem os pelos eriçados a menssagem é: "estou preocupado". Ela pode ser alterada caso, ao mesmo tempo, o corpo esteja curvado para cima, passando a ser: "estou bravo". Nesses momentos, não mecha com o animal. 

Leia também: Você tem um gato agressivo? Saiba o motivo do problema e como tratá-lo

Posição das orelhas e formato dos olhos

Orelhas eretas, viradas para o lado e olhos cerrados é uma linguagem corporal dos gatos que mostra que o bichano está agressivo
shutterstock
Orelhas eretas, viradas para o lado e olhos cerrados é uma linguagem corporal dos gatos que mostra que o bichano está agressivo

Poucas pessoas sabem, mas a orelha representa uma parte importante da comunicação do gato. Devido aos vários músculos presentes, o animal consegue mexer a orelha de diferentes maneiras. Cada posição da orelha, somada ao formato dos olhos, possui um significado diferente. 

Quando as orelhas estão eretas, voltadas para frente e os olhos abertos, arredondados, posição mais comum, o gato está neutro. Na mesma posição da orelha, mas com os olhos semi-abertos, cerrados, o bichano está feliz. Nesses casos, abuse do carinho e das brincadeiras. 

Agora, é melhor manter distância quando as orelhas estiverem eretas, mas viradas para o lado em combinação com olhos apertados porque o animal está nervoso e estressado. Mesma coisa para quando as orelhas estiverem baixas, já que representam agressividade. 

Sons emitidos

Os barulhos emitidos pelos gatos costumam ser resumidos a roronar, rosnar e miar. O ronronar, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não significa exclusivamente uma sensação de prazer por parte do bichano. Cientistas acreditam que o som tenha também função de alívio para o animal, por isso gatas dando a luz emitem o barulho. Bichanos doentes ou que acabaram de passar por uma situação de atropelamento já foram vistos ronronando. 

Quando ele rosna, está tentando te entimidar e faz parte de um comportamento de defesa quando o gato se sente ameaçado. 

Já o miado possui diferentes variações , podendo ser curto e agudo, de tom médio e longos e graves. O primeiro é usado para comprimentar os donos e demonstrar alegria. O segundo, geralmente, significa um pedido, pode ser comida, água ou para limpar a caixinha de areia suja. O terceiro representa uma reclamação e, provavelmente, o gato está atrás de briga.

Existem outros motivos para o miado: estresse, cio, dor e calor são alguns deles. Por isso, é importante analisar também os sinais do rabo, orelha e olhos para chegar a uma conclusão. 

A combinação de todos esses sinais da linguagem corporal dos gatos pode ajudar o dono a compreender melhor o bichano. Agora basta observá-los e colocar a teoria em prática.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.