Tamanho do texto

A desconfiança começou quando viram uma bolsa abandonada dentro do banheiro feminino

Na última quarta-feira (27), a Polícia Federal Australiana (AFP) precisou ser acionada por causa de uma suspeita de bomba no aeroporto de Adelaide. A desconfiança começou quando uma bolsa foi deixada dentro de um dos banheiros femininos, mas, após investigação, descobriu-se que não era nenhum objeto perigoso, mas sim um indefeso coelho.

Leia também: Canguru invade e interrompe partida de futebol na Austrália

Bolsa abandonado em banheiro de aeroporto continham um coelho de 1 ano de idade
Reprodução Twitter
Bolsa abandonado em banheiro de aeroporto continham um coelho de 1 ano de idade

O roedor foi abandonado usando uma fita vermelha e sem identificação. Aparentemente estava bem e ileso. Os policiais entraram em contato com a RSPCA South Austrália, uma organização de resgate animal, para levar o coelho em segurança. Enquanto a equipe não chegava, ele ficou sob os cuidados dos agentes. 

"O jovem coelho macho é claramente muito bem socializado e cuidado. Ele até é treinado", disse Van Loenen, funcionário da RSPCA, em comunicado oficial. Durante o tempo de espera, o coelho ficou dentro de uma caixa grande e foi oferecido cenoura desfiada, vindas da loja Subway.

Leia também: Homem resgata filhote e descobre que não é um gato como pensou

O comandante da polícia federal, Brett McCann, garantiu que foi uma situação bem incomum para a AFP. "Nós tratamos tudo com muita seriedade, mas nossos oficiais de avaliação de bombas certamente não esperavam encontrar um roedor em uma bagagem. Felizmente, ele está seguro e bem, e esperamos que o dono seja encontrado".

Assim como foi um caso atípico para a polícia, também foi para os funcionários da organização. Van Loenen garante que é a primeira vez que faz um trabalho desse tipo em 26 anos de serviço. No momento, a RSPCA está em busca de informações para descobrir os verdadeiros donos do roedor com cerca de um ano de idade. 

Leia também: Álbum da Copa quase completo é destruído por cão travesso

A equipe imaginou algumas possibilidades para o abandono acontecer. “Seu dono poderia estar deixando o país e sabia que, deixando seu animal em uma área povoada, seria encontrado e cuidado. Ou eles podiam estar planejando contrabandeá-lo a bordo do avião, mas recuaram no último minuto”, disse Van. Se o verdadeiro tutor não for encontrado, a RSPCA tentará achar uma nova casa para o pequeno coelho .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.