Tamanho do texto

De acordo com a política da empresa, eles não permitem que animais com comportamento agressivo participem de seus eventos

Pit Bull é uma das raças que mais sofrem preconceito na sociedade. As pessoas acreditam que esse cão é violento, raivoso e sempre vai atacar alguém. No entanto, quem possui um exemplar discorda. Muitos afirmam que, se for bem tratado, criado e educado corretamente, não há motivos para temê-lo.

Homem leva maltês para tosar e retorna com outro cachorro

Apesar disso, a rejeição da raça ainda é muito forte e ela continua sofrendo preconceitos em muitas situações. Um exemplo disso ocorreu recentemente, envolvendo Ashley Yanez e sua Pit Bull filhote. No último sábado (5), a loja PetSmart, localizada no Texas, Estados Unidos, promoveu uma festa para animais de estimação, mas não permitiu a entrada da cadela por causa da sua raça. 

Pitbull é proibido de entrar em festa promovido por um pet shop
Reprodução Instagram
Pitbull é proibido de entrar em festa promovido por um pet shop

Segundo a dona, ela queria dar a Blu a oportunidade de socializar e brincar com outros cães e viu no evento uma oportunidade. Porém, não previu a discriminação que sua cadelinha sofreria. 

Ainda não decidiu o presente de Dia das Mães? Feira de adoção pode te ajudar

Foi alegado que a PetSmart não permite que “raças intimidadoras ou qualquer mistura de animais de estimação que exibam comportamentos agressivos” participem de atividades em grupo fora de coleira em seus eventos, para garantir a segurança de seus convidados e dos outros animais de estimação.

Essa situação deixou Ashley muito chateada. Ela compartilhou o acontecido em seu Twitter e muitas pessoas defenderam Blu, dizendo que a política era injusta. A PetSmart também viu a publicação e se desculpou pela confusão. "Todas as raças são bem vindas em nossas lojas e convidadas para nossos eventos", esclareceram na rede social. 

Cão invade programa ao vivo e aparece durante a previsão do tempo

“Estou tão chocada, mas também feliz que a conscientização do Pitbull está sendo trazida à nossa atenção", disse Ashley em entrevista ao BuzzFeed norte-americano. "Pitbulls também são cães e precisam se socializar para ter um estilo de vida saudável”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.