Tamanho do texto

Xiongxiong é um cachorrinho de 15 anos que chama atenção de quem passa pela estação de Liziba, localizada no distrito chinês de Chongqing Yuzhong

Todo dono de cachorro está acostumado a chegar em casa e ser recepcionado por latidos, rabo abanando e muita alegria. Mas, para o dono de Xiongxiong, que em português significa Urso, essa cena é um pouco diferente. É que o cachorro leal de 15 anos gosta de esperá-lo voltar do trabalho na porta da estação de metrô. 

Leia também: Dachshund cego tem Pit Bull como cão-guia; juntos eles procuram por um lar

Xionxiong é um cachorro leal que espera o dono todos os dias na frente da estação de metrô
Reprodução Weibo
Xionxiong é um cachorro leal que espera o dono todos os dias na frente da estação de metrô

Xiongxiong fica todos os dias na porta da estação de Liziba, localizada no distrito chinês de Chongqing Yuzhong. O cachorro leal espera por cerca de 12 horas seu dono que vai trabalhar às 7 horas da manhã e volta apenas 7 horas da noite. 

Leia também: Em apenas 6 meses, Akita tem surto de crescimento e surpreende

O custume de urso começou a chamar atenção das pessoas que frequentavam o local, principalmente pelo fato de ele não aceitar nenhum tipo de alimento oferecido por estranhos. Porém, ele acabou ficando conhecido mundialmente após um vídeo que fala sobre ele ser postado na internet. Sua foto também circulou na rede social chinesa Weibo.  

Após a fama, algumas pessoas que estão acostumadas a encontrar Urso diariamente deram entrevista ao jornal chinês South China Morning Post. "Ele é muito comportado e nunca aceita alimentos que as pessoas o oferecerem", disse um rapaz. "O cachorro simplesmente deita aqui e espera pelo dono. Ele fica extremamente alegre quando vê o tutor chegar", contra outra pessoa. 

Leia também: Cão utiliza folhas como dinheiro para comprar seus petiscos

O objetivo do cachorro leal não é receber carinho de outras pessoas, mas sim garantir que seu dono chegará em casa á salvo. Essa é a verdadeira amizade entre homem e cachorro. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.